Pesquise neste blog

terça-feira, 8 de outubro de 2013

SEGURANÇA: PRISÕES POR EMBRIAGUEZ AO VOLANTE AUMENTAM 264% EM 2013

Mortes no trânsito já diminuíram 12% em relação ano passado

·        Juliana Meneses

Estudo da Secretaria de Estado de Segurança Pública aponta que, de janeiro a agosto de 2013, 1.365 condutores foram flagrados dirigindo sob a influência de álcool chegando a um aumento de 264%, em relação às 375 autuações realizadas no mesmo período do ano passado.

"Com as operações feitas pelo Departamento de Trânsito (Detran), as mortes nas vias do DF caíram de 277 nos primeiros oito meses do ano de 2012, para 244 nesse ano", explicou o coordenador de Trânsito da Área Metropolitana do Detran, Luiz Souto.

De acordo com Souto, o enrijecimento da Lei Seca N⁰12760/2012, que permitiu punir os condutores embriagados que se recusavam a soprar o bafômetro, é um grande aliado. A alteração permite que os fiscalizadores atestem sinais de embriaguez do motorista como alteração da psicomotricidade.

As Regiões Administrativas com o maior número de autuações são Ceilândia com 19,6% (267 casos), Brasília com 9,6% (131 casos) e Planaltina com 8,4% (114 casos).

Souto explica que nesse ano foi intensificada a fiscalização em todas as 31 Regiões Administrativas do DF, ocorrem operações toda semana. “Por meio de georreferenciamento é possível mapear os locais com maior número de acidentes fatais”, comenta.

As principais operações são Último Gole, Ressaca e Funil, esta última é realizada com o apoio das polícias Militar e Civil, do Corpo de Bombeiros Militar, do Departamento de Estradas de Rodagem (DER-DF), do Departamento de Polícia Rodoviária Federal (DPRF) e do Ministério da Justiça.

Dentre os fatores que proporcionaram melhor fiscalização estão: nomeação de 214 novos agentes de trânsito, em junho, e a aquisição de quatro guinchos e um caminhão munk. Operam, hoje, no Detran sete guinchos e um novo equipamento está em processo de licitação.

Além disso, em janeiro de 2013 foram entregues 50 novas viaturas. No mês de março, o GDF autorizou a realização de cerca de 16 mil horas extras pelo Detran para fortalecer a fiscalização principalmente durante grandes eventos. Soma-se aos fatores de sucesso, a utilização dos talonários eletrônicos com os quais é possível verificar a situação do condutor, do veículo e da documentação.

Polícia Militar- O Batalhão de Policiamento de Trânsito da Policia Militar do DF (BPTRAN) as alterações da Lei Seca também foram as principais responsáveis pelo aumento de cerca de 200% na punição de condutores sob efeito de álcool este ano. A corporação também investiu na intensificação das Operações Álcool Zero. Somente em 2012, o 3˚BPTRAN recebeu 24 motocicletas, e outras 600 para operações de rotina e especiais foram distribuídas para toda corporação.

Houve concurso para mil vagas em 2009 e está em andamento outro certame para nomeação de outros 3,1 mil policiais a serem distribuídos para atuar em toda PMDF.



Fonte: Divisão de Comunicação/Secretaria de Estado de Segurança Pública do Distrito Federal

Nenhum comentário: