Pesquise neste blog

sexta-feira, 8 de novembro de 2013

AMIZADE


Quem sabe por qual milagre,
Por qual caminho andamos até nos encontrar,
E por isso que quero compartilhar minha vida, 
Abri para ti meu coração,

Não precisa olhar muito adiante, 
Eu lhe contarei tudo que queres saber,
Não tem segredos, 
Vou lhe contar tudo sem pestanejar,

Se cometi erros,
Cometi tantos que nem sei mais por onde começar,
Se chorei,
Chorei por tantas vezes que nem me lembro mais o ultimo motivo,
Já cai,
Tenho minhas mãos ainda raladas da ultima vez.

Mas o melhor de tudo,
Você não se afastou de mim,
Sorriu comigo dos meus erros,
Secou meus olhos,
Sem pensar,
Sem querer nada em troca.

Se quiseres deixarei que um dia saiba das minhas feridas,
Deixo que me conte das tuas,
E assim, saberemos o que aconteceu,
Tentaremos juntos renascer,

Com certeza o tempo vai passar,
E quem sabe o que restará desse momento,
Ou se ainda se lembrará,
Se quando o céu se abrir em um chova pensará no que estarei a fazer,
Quando o frio cortar seu corpo,
E a tristeza tentar te acompanhar,
Lembrará das nossas conversas,
Dos nossos sorrisos,
Pode até ser que um dia nos afastemos,
Mas não iram faltar lembranças dessa louca amizade.

Nasceremos de novo, um para o outro.

Pode ser que um dia tudo acabe...
Mas, com a amizade construiremos tudo novamente,
Cada vez de forma diferente.
Sendo único e inesquecível cada momento
Que juntos viveremos e nos lembraremos para sempre.

Há duas formas para viver a sua vida:
Uma é acreditar que não existe milagre.
A outra é acreditar que todas as coisas são um milagre.

Por Daniel Atta, Advogado, Escritor, Poeta e colaborador do Jornal de Sobradinho

Nenhum comentário: