Pesquise neste blog

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Governador ouve demandas de conselheiros comunitários


"GDF Junto de Você" dialogou com representantes dos conselhos de Sobradinho, Sobradinho II e Fercal

O governador Agnelo Queiroz e seu secretariado ouviram as demandas dos conselheiros comunitários de Sobradinho, Sobradinho II e Fercal nesta sexta-feira (22/11), durante a segunda edição do programa "GDF Junto de Você". Na estrutura montada ao lado do Restaurante Comunitário de Sobradinho II, os conselheiros das três cidades apresentaram os problemas e sugeriram soluções nas suas áreas.

Agnelo Queiroz destacou que, por meio da participação social, a exemplo do que tem sido feito a cada edição do "GDF Junto de Você", será possível chegar aos melhores resultados para a população. "Muito já foi feito, e ainda há muito a fazer, mas vamos fazer juntos. Juntos somos mais fortes", afirmou o governador.

"Não estamos apenas ouvindo. Vamos dar respostas e atender à nossa comunidade", complementou, explicando que os secretários das pastas responsáveis pelas demandas apresentadas fizeram registros das pautas e darão encaminhamento a todas elas.

Os conselheiros comunitários de Saúde, Segurança, Transporte, Orçamento Participativo, e do Fórum da Mulher apresentaram as reivindicações de seus conselhos. Instituições filantrópicas, ONGs e associações de entidades representativas das comunidades também expuseram suas demandas.

Jarbas Farias, do Conselho de Transporte de Sobradinho II, ressaltou a importância de espaços de diálogo como o "GDF Junto de Você". "Uma atividade como essa demonstra que este é um governo que realmente se preocupa com o povo. O transporte é um problema complexo não apenas para o DF, mas para todo o país", declarou. O conselheiro entregou ao governador uma pasta com as propostas de soluções para o problema do transporte nas regiões de Sobradinho, Sobradinho II, e Fercal.

Representante do Conselho de Saúde, Aécio Alves destacou que é necessário aumentar a capacidade do Hospital de Sobradinho, tanto física quanto de atendimento. Para isso, segundo ele, é necessário contratar, por meio de concurso público, mais funcionários. O governador Agnelo Queiroz lembrou que, no mesmo dia, foi inaugurada a 9ª Clínica da Família, em Sobradinho II, e que o foco dessas clínicas é o trabalho ambulatorial, o que contribui, assim, para a descentralização de parte dos atendimentos.

Os conselheiros pediram também que o hospital ou a clínica funcionassem por 24 horas. O governador frisou que esses equipamentos públicos não têm essa finalidade, mas que será inaugurada uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na mesma área da clínica, para prestar esse tipo de serviço.


Por Joceline Gomes, da Ascom/Segov/Foto: Dênio Simões / GDF

Nenhum comentário: