Pesquise neste blog

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Lideranças comunitárias são ouvidas pelo governador em Sobradinho II


Reunião ocorreu na sexta-feira (22), na tenda de serviços do programa "GDF junto de Você"

O governador Agnelo Queiroz reuniu-se, na sexta feira (22), com as lideranças comunitárias de Sobradinho, Sobradinho II e Fercal, para debater as principais demandas da região. O encontro ocorreu na tenda de serviços do programa "GDF junto de Você", montada em frente ao Restaurante Comunitário de Sobradinho II.

"Seremos muito mais fortes se trabalharmos juntos para resolver os problemas, e é isso o que o governo quer. Todas as demandas serão anotadas e catalogadas para serem enviadas ao secretário respectivo. Vamos atender o maior numero de solicitações possíveis", destacou o governador.

Uma das demandas apresentadas foi sobre o fornecimento de transporte para crianças do ensino especial, feito pela moradora Nilde Alves, representante do movimento Elos Perdidos. "Nós temos oito alunos que têm dificuldade para ir à escola por falta de um transporte adequado".

Em resposta, o governador destacou que a solicitação será atendida, e outras ações estão em execução nessa área. "Vamos trocar todos os ônibus velhos da cidade por outros novos. Em dezembro, outra medida será reestruturar o sistema de transporte público", garantiu.

Outra sugestão apresentada foi a regularização dos templos religiosos de Sobradinho II. No local, só as igrejas evangélicas somam cerca de 80, segundo o pastor Philipe Keich Mcafee. "Sem a legalização, não conseguimos alvará de funcionamento nem para construção", informou o líder religioso.

Agnelo Queiroz disse que as entidades religiosas são extremamente importantes, porque funcionam como um braço do governo na execução de políticas públicas sociais, a exemplo das casas de recuperação para pessoas em situação de dependência química. Por isso, ele disse que dará total apoio ao segmento.

A comunidade também pediu que a Clínica da Família de Sobradinho II passasse a funcionar 24h. No entanto, o chefe do Executivo local esclareceu que essas unidades de saúde não atendem casos de urgência e emergência, serviço este que ficará a cargo da Unidade de Pronto Atendimento que será construída na região.

O governador finalizou ao informar que várias ações na área da Saúde vêm sendo feitas para atender a população, como a ampliação do número de leitos de UTI e inauguração do Bloco Materno-Infantil do Hospital de Sobradinho, além do aumento da cobertura de atenção primária, ampliada de 6% para 31%, reflexo do maior número de Equipes da Saúde da Família, que passou 8 para 21.


Fonte: Ailane Silva, da Agência Brasília/Foto: Dênio Simões / GDF

Nenhum comentário: