Pesquise neste blog

quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

SEGURANÇA: CASAL DE SOBRADINHO II É PRESO NA BR 020 COM DINHEIRO FALSO.


(*) Claudio Martins


Na quarta-feira, 04/12, por volta das 15h, policiais rodoviários federais prenderam em flagrante na BR-020, o casal Martins Neris de Andrade, 29 anos, e Luciane Soares Silva, 28 anos, moradores de Sobradinho II, pelo crime de utilização de moeda falsa. Com o casal foram apreendidas várias notas falsificadas de 50 e 100 reais, produtos comprados com dinheiro falso e certa quantia em dinheiro verdadeiro, proveniente das transações com as notas falsificadas.

Os policiais rodoviários federais receberam a informação via 191 de que uma jovem loira teria realizado compras em uma drogaria no Distrito de Bezerra/GO utilizando uma nota falsa de R$100,00 e posteriormente teria adentrado um veículo Gol “bola” de cor prata e placa HGG 5346/DF e seguido para a BR-020, sentido Sobradinho.

Os policiais realizaram patrulhamento na BR-020 e lograram êxito em abordar o veículo suspeito com um casal no interior e uma criança com três anos de idade. Em revista na carteira do condutor do veículo, morador de Sobradinho II, os policiais encontraram uma cédula de R$100,00, falsa e na bolsa de sua companheira, mais oito cédulas de R$100,00, também falsificadas.

O casal foi detido e conduzido ao Posto de Fiscalização da Polícia Rodoviária Federal que fica na BR-020, próximo a Formosa/GO e após alguns minutos compareceu ao posto uma vítima e entregou aos agentes mais uma cédula falsa de R$100,00, que a mulher lhe teria passado na compra de uma lâmina de barbear no valor de R$14,50.

Na bolsa da mulher também foi apreendido a quantia de R$265,00 em notas verdadeiras, obtidas provavelmente em pequenas transações comerciais na região, com o intuído de trocar as notas falsificadas.

A criança de três anos, filha do casal, foi entregue aos parentes que compareceram ao Posto da Polícia Rodoviária Federal. O casal foi preso e autuado em flagrante pelo crime de utilização de moeda falso, art 289 CPB e se condenado pode pegar uma pena de até 12 anos de prisão.


Por Claudio Martins/Informativo Flagrante (texto e foto) Especial para o Jornal de Sobradinho

Nenhum comentário: