Pesquise neste blog

sábado, 22 de março de 2014

CLDF: Cláudio Abrantes concorre ao selo de transparência


O deputado Cláudio Abrantes é o único distrital que tem condições de conquistar o selo de transparência que será entregue no próximo dia 10, de abril, pelo Instituto de Ficalização e Controle (IOFC) e o projeto Adote um Distrital.

Pelos critérios da ONG, só pode obter o selo o parlamentar quem obtiver por três anos consecutivos uma nota de transparência acima de 9. Cláudio Abrantes obteve esse índice por dois anos, em 2012 e 2013 e nesse biênio foi o distrital com o melhor escore definido pelo IFC.

"O que posso comentar é que a atuação do IFC e Adote um Distrital é de grande relevância para a democracia, a transparência pública e a Câmara Legislativa. Se obtiver mais uma vez nota acima de 9 e conquistar o selo, vou ficar muito satisfeito. Caso contrário, vou procurar me aprimorar e adequar aos critérios estabelecidos pela ONG", comentou o deputado.

O Sistema do Índice de Transparência Parlamentar tem como objetivo medir o nível de transparência que os deputados possuem. E um dos pontos principais é saber o quanto os políticos estão dispostos a serem fiscalizados pela sociedade. Para o grupo #AdoteUmDistrital a transparência parlamentar é sinal de um mandato responsável, atento aos interesses da sociedade e verdadeiramente representativo de seus eleitores. Um verdadeiro mandato cidadão, como a gente chama aqui na Voz do Cidadão.

"A partir dessa necessidade em contribuirmos para uma sociedade mais justa e igualitária a todos os brasilienses elaboramos uma premiação que irá além de uma simples divulgação desses resultados", informou o IFC. A cerimônia está prevista para ser realizada no auditório na sede da OAB Federal ou em outra localidade que poderá ser definida nos próximos dias. Os requisitos para conquistar o selo e o manter com qualidade mensal são:

1 – Manter pontuação mensal no Sitransp (Sistema do Índice de Transparência Parlamentarwww.sitranspdf.org.br), acima de 9 (nove) pontos.

2 – Atingir a nota acima de 9 (nove) por duas vezes consecutivas.

3 – Estar de acordo com as regras definidas no Sitransp (http://www.sitranspdf.org.br/sitransp.php).

O índice de transparência avalia sete quesitos principais: atuação do parlamentar direta, atuação do parlamentar indireta, governança do mandato, controle social, acessibilidade do site na internet, atuação nas mídias sociais e processo eleitoral.

Fonte:Assessoria de Comunicação

Nenhum comentário: