Pesquise neste blog

sexta-feira, 18 de julho de 2014

SEM PERCEBER




Queria por alguns segundos perceber,
Acreditar que o teu sol será somente meu,
E quando fechar meus olhos,
Não quero pensar no tempo,
Em um único sorriso,
No ultimo beijo
Sempre quis você por perto,
Sempre quis apenas te amar,
Mas quando o silencio me invade de forma sorrateiramente,
Sinto-me jovem como outrora,
Tolo demais para apenas deixa-la ir,
Prefiro pensar que em algumas horas tudo passe,
E seja capaz de transformar,
E como um acidente qualquer tudo mude sem planejar,
Agora quero apenas que me abrace com força,
Ter teu rosto colado ao meu,
Não quero imaginar que esse trem que agora parado a sua frente a leve da minha vida,
Acredito que um dia ainda poderá partir,
E sei que ira partir,
E novamente me sentirei um tolo,
Mesmo que saiba quanto quero você aqui,
Quero deitar-me ao teu lado e te abraçar,
E com um beijo arrepiar teu corpo,
Quero hoje deitar-me ao teu lado,
Sem pensar no restante do tempo,
Quem sabe se eu lhe oferecer o meu sol,
Queira permanecer e se aquecer mais um dia em meus braços.

Por Daniel Atta, Advogado, Escritor , Poeta e colaborador do Jornal de Sobradinho

Nenhum comentário: