Pesquise neste blog

quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Detran-DF faz campanha de conscientização para o período de chuvas



Objetivo é orientar sobre os cuidados que ajudam a reduzir risco de acidentes


Revisar freios e parte elétrica, verificar se pneus ou limpadores de para-brisa estão desgastados. Essas são as principais orientações do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) aos motoristas para o período de chuvas. Em operação na manhã desta quinta-feira (23), foram abordados cerca de 700 condutores nas vias N1 e S1 do Eixo Monumental, para entregar panfletos, brindes e, principalmente, sensibilizar para os cuidados no trânsito.
  

“A maioria das pessoas abordadas pensa que se trata de alguma fiscalização. Algumas se assustam e já vão sacando os documentos, mas quando percebem que se trata de uma campanha educativa, logo relaxam. Buscar a conscientização dos condutores por meio de campanhas educativas é fundamental para atingir resultados concretos”, garantiu o diretor de Educação do Trânsito do Detran-DF, José Flávio Maciel.
  

O Detran-DF não possui dados sobre aumento ou diminuição do número de acidentes durante o período chuvoso. Porém, orienta que em dias de chuva seja redobrada a atenção, pois aumenta o risco de acidentes devido, por exemplo, à visibilidade comprometida, ao asfalto escorregadio e às poças d´água.

  
Um cuidado importante a ser tomado é com a lâmina de água que se forma com as primeiras chuvas, devido à sujeira que se desprendeu do asfalto, principalmente fluidos dos carros e detritos provenientes de pneus degastados, que tornam a pista ainda mais escorregadia.
  

Para o entregador Nascimento Ferrão, de 55 anos, essas iniciativas  relembram e reforçam cuidados fundamentais. “A gente tem a consciência de que é preciso redobrar a atenção com a pista molhada. Porém, para alguns cuidados a gente não se atenta, e essas campanhas servem para destacar pontos importantes relacionados à precaução”, disse.
  

Motociclista desde os 18 anos, o militar Roberto Gimenez, 44, faz uma comparação entre dirigir carros e motos. “Dentro de um automóvel, o motorista está mais protegido. Em uma motocicleta, a pessoa só tem as proteções de segurança, como capacete, luvas e jaqueta, mas o corpo está livre e isso é bem mais arriscado. Quando chove, nós precisamos ter ainda mais atenção se comparado aos motoristas. A gente precisa dirigir da maneira mais defensiva possível”, apontou.

  
ORIENTAÇÕES – Além de verificar os itens de segurança, o Detran-DF destaca, também, que os condutores devem reduzir consideravelmente a velocidade quando a pista estiver molhada. Além disso, é fundamental aumentar a distância do veículo da frente, evitar freadas ou mudanças bruscas de uma faixa para outra e passar sobre poças ou lugares com acúmulo de água, que podem causar aquaplanagem.

  
É importante registrar também que, de acordo com estudos da Universidade de Brasília, 80% dos acidentes de trânsito têm a ver com o comportamento humano, pois os motoristas esquecem algumas atitudes que devem ser tomadas durante este período, como ligar o farol baixo e manter a distância de, no mínimo, oito metros em relação aos outros carros. Obviamente, até para evitar multas, não utilizar celular, comer ou beber enquanto estiver na direção.

Fonte Agência Brasília

Nenhum comentário: