Pesquise neste blog

quarta-feira, 19 de novembro de 2014

Moradores de oito cidades recebem escrituras


Ao todo, 245 famílias foram beneficiadas com o documento de seus lotes


Moradores de Samambaia, Planaltina, Taguatinga, Guará, Candangolândia, Gama, Brazlândia e Sobradinho receberam, nessa terça-feira (18), a escritura de suas casas construídas pelo governo do DF nas décadas de 1960, 1970 e 1980. O documento foi entregue pela Secretaria de Habitação, Regularização e Desenvolvimento Urbano (Sedhab) e pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional (Codhab), por meio do Programa Regularizou, é Seu!, com o Mutirão das Escrituras.



Na ocasião, foram entregues 245 escrituras. Raimunda Pires da Silva, 71 anos, foi uma das contempladas. Ela recebeu a casa do governo em 1986, na Candangolândia. Ela está contente com o documento e acredita que é uma segurança para a família. "Estou sentindo muita alegria. É bom para o meu filho e meus dois netos que não têm imóvel. Então tem que ser o que é meu para eles", disse.



A secretária de Habitação, Jane Diehl, ressaltou o valor desse documento. "Tem famílias que esperam há mais de 30 anos por essa escritura. Esse documento é muito importante porque é a garantia da posse da residência. É a segurança legal dessas famílias".



As casas foram construídas por meio da extinta Sociedade de Habitação e Interesse Social (SHIS), com recursos próprios e convênios com o antigo Banco Nacional de Habitação (BNH) e Caixa Econômica Federal.



Os imóveis fazem parte da Política de Habitação de Interesse Social do Distrito Federal e, dessa forma, estão contemplados com a isenção do Imposto de Transmissão de Bens Imóveis (ITBI), ignorando os 2% sobre o valor do imóvel que seria cobrado do beneficiário.



Da Secretaria de Habitação/ Foto: Divulgação

Nenhum comentário: