Pesquise neste blog

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

SEGURANÇA: Homem morre após ser atingido por golpe de Muay Thai no rosto



Emerson Rafael treinava em uma academia, quando foi atingido por uma joelhada no rosto. Depois de dois dias internado, ele teve morte cerebral. Família decidiu doar todos os órgãos


(*) Kelly Almeida


Emerson passou mal ainda na academia, vomitou sangue e foi levado para o hospital

Um homem de 30 anos morreu depois de ser atingido no rosto, durante um treino de Muay Thai, em uma academia na Quadra 4 de Sobradinho. Emerson Rafael lutava com um colega, na noite de terça-feira (9/12), quando recebeu a joelhada e caiu sentado. Segundo a família, ele passou mal ainda na academia, vomitou sangue e foi levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para o Hospital Regional de Sobradinho (HRS).

No caminho até a unidade de saúde, Emerson chegou a ter uma parada cardíaca de nove minutos, mas foi reanimado. Após chegar à unidade em coma, ele foi transferido para o Hospital de Base com hemorragia grave. Na tarde de quinta-feira (11/11), a equipe médica anunciou à família a morte cerebral do jovem. Esta manhã, o corpo passou por procedimento para doação de órgãos. A 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) investiga o caso.

De acordo com um dos irmãos de criação de Emerson, a vítima treinava Muay Thai há algum tempo e nunca teve problemas nos treinos. "Não vamos acusar ou culpar ninguém nesse momento. Também sabemos que o rapaz que estava lutando com ele está muito mal", contou Heron de Sena Filho, 50 anos.

A preocupação da família neste momento, segundo Heron, é fazer a doação de todos os órgãos que estiverem em perfeito estado. "Assim que a equipe médica anunciou a morte cerebral, decidimos fazer a doação. É muito importante, já que ele era tão cheio de vida", afirmou o professor.

Emerson será sepultado no Cemitério de Sobradinho - ainda sem data prevista, já que o corpo ainda vai passar pelo Instituto de Medicina Legal (IML).



(*) Fonte Kelly Almeida/correio web -  foto divulgação

Nenhum comentário: