Pesquise neste blog

segunda-feira, 2 de março de 2015

CICLISMO EM TRILHAS ECOLÓGICAS DE SOBRADINHO




Sobradinho atrai pessoas que procuram, como hobby ou preparo para competições, a prática do ciclismo em trilhas ecológicas. O grupo Rebas do Cerrado realiza, há 11 anos, pedais aos domingos de manhã em localidades rurais do DF. “O que nos une é paixão pela bicicleta, pela natureza, pela aventura, pela solidariedade e por superar desafios”, diz Márcio Bittencourt (46), coordenador do grupo. Ele comenta que, por ter um relevo diversificado, Sobradinho é uma das melhores regiões do DF para a prática do Mountain Bike (Ciclismo de Montanha), praticado em estradas de terra, trilhas de fazendas, montanhas, dentro de parques e até na cidade.



Entre 150 e 300 pessoas do grupo, de idades variadas e de ambos os sexos, reúnem-se, semanalmente, para pedalar. A trilha “Cinema”, realizada nos arredores do Polo de Cinema de Sobradinho e com 22 km de extensão, é uma das percorridas pelo Rebas do Cerrado na região. Outra trilha é a “Mogi”, que começa no Sesi e termina na Fercal, com 31 km de abrangência.

O vendedor André Jonas de Araújo (46), morador de Sobradinho, pedala há mais de cinco anos na região. Integrante do grupo Bondiorno Pedal 17, ele costuma percorrer de 25 a 50 km por trilha. O grupo, com 56 participantes, realiza pedais às terças e quintas-feiras, no período noturno, e aos domingos pela manhã. Para ele, pedalar nas trilhas é mais seguro que nas ruas da cidade, onde já soube de roubos a grupos de ciclistas.
Em Sobradinho, Bondiorno Pedal 17 costuma fazer a “Trilha do Índio”, com cerca de 30 km de extensão, que passa por dentro do Parque Ambiental Colégio Agrícola de Brasília, dentro da área de proteção ambiental do Rio São Bartolomeu. O grupo também pedala na estrada de terra conhecida como “Oito e meio”, no Parque dos Jequitibás, e na trilha “Carolina”, que passa pelo Grande Colorado e possui cerca de 35 km de abrangência.

Márcio Bittencourt diz que o ciclismo traz benefícios físicos e emocionais. Além de ajudar na perda de peso e no equilíbrio da pressão arterial e dos níveis de triglicérides, trabalha equilíbrio, confiança e combate o estresse. Porém, ele ressalta que “antes de começar, é bom consultar um médico, que pode ser o clínico geral ou o cardiologista”.
Bondiorno Pedal 17 também faz trilhas com os grupos Asas da Bike e Cervas do Pedal. O Rebas do Cerrado costuma pedalar, em Sobradinho, com outros dois grupos de ciclismo: Canelas e DBike.

Informações:

Rebas do Cerrado: http://rebasdocerrado.com.br/
Bondiorno Pedal 17: (61) 9296-5733 – contato de André Jonas de Araújo, um dos organizadores do grupo.

Fonte: UPSA


Nenhum comentário: