Pesquise neste blog

segunda-feira, 2 de março de 2015

CONDOMÍNIO: MORADORES DO MANSÕES COLORADO ASSINAM ACORDO COM A UPSA



Após várias reuniões e um extenso processo de negociação, 290 moradores do condomínio Mansões Colorado assinaram a lista de adesão com a Urbanizadora Paranoazinho que estabelecem critérios, condicionantes e prazos referentes à negociação do valor do terreno.
 
Sobre a UPSA:  A Urbanizadora Paranoazinho S/A é a empresa proprietária da área conhecida como Fazenda Paranoazinho, próxima a Sobradinho/DF.

Junto à Urbanizadora, os moradores do parcelamento conseguiram chegar a um valor justo e viável de pagamento pelo terreno das unidades habitacionais. Eles pagarão em média R$ 34 mil reais por um lote padrão de 450 metros quadrados. O contrato prevê que o pagamento do valor negociado deverá ser efetuado somente após a lavratura em cartório das escrituras.

A analista previdenciária Adelina Barroso, 53 anos, e outras pessoas de sua família possuem cinco casas no condomínio. “A parte documental nos deu bastante segurança. Considero o valor de R$ 34 mil justo, pois é possível fazer um empréstimo ou vender um carro”, detalha a moradora.

Segundo os condôminos, os principais fatores que conduziram à assinatura dos contratos foi a transparência que marcou todo o processo, com reuniões e plantões constantes da equipe técnico-jurídica da UPSA.

Para o filho de Adelina, o representante de marketing Pedro Ivo Jury, 33 anos, a escritura representará uma segurança para as filhas Giovana, 2 anos, e Natália, 8 anos. “A UPSA sempre esteve aqui para esclarecer as dúvidas. Fizemos todas as perguntas e algumas coisas foram mudadas no contrato por decisão do morador. Agora chegou a nossa vez e vamos aguardar apenas as escrituras”, ressalta.

Para o professor Regis Moraes, 47 anos, a entrega das escrituras aos moradores do Vivendas Friburgo foi a prova final de que ele precisava para tomar sua decisão. “Sabíamos que em algum momento aconteceria isso. O Friburgo foi uma prova para a gente. Considero que as negociações com a UPSA atenderam aos anseios e preocupações de todos os moradores envolvidos. Aconteceu de uma forma plena e perene”, avaliou o professor.

Fonte: UPSA

Nenhum comentário: