Pesquise neste blog

quarta-feira, 4 de março de 2015

EDUCAÇÃO: Empresas garantem transporte gratuito para o ensino especial



Terceirizadas aumentaram frota para substituir veículos da Educação que se encontram sem motoristas e sem monitores devido a término de contrato. Secretaria já prepara novo edital em caráter de urgência

As empresas contratadas pelo governo do Distrito Federal para fazer o transporte escolar gratuito de alunos da rede pública de ensino aumentaram a frota, temporariamente, de 550 para 586 ônibus. O reforço é necessário para substituir 36 veículos de propriedade do governo, adaptados para estudantes do ensino especial, que estão sem motoristas e sem monitores, porque o contrato — que tinha duração de seis meses — terminou em 5 de janeiro. A Secretaria de Educação do DF já está preparando o edital para licitar novas contratações, que agora serão de 30 meses.

Como o processo é demorado, foi preciso elaborar um edital em caráter de urgência para suprir a necessidade por transporte escolar para os próximos seis meses. “Negociamos com as empresas que prestam serviço à secretaria e elas farão o transporte dos alunos, enquanto não contratamos; não haverá prejuízo para os estudantes”, assegura o coordenador de transportes da Secretaria de Educação do DF, José Raimundo Carvalho da Silva. Os ônibus das empresas terceirizadas são adaptados para atender às necessidades dos alunos com deficiência.

Segundo informações da secretaria, alguns pais de alunos que moram em Sobradinho estranharam o veículo contratado (os da secretaria são amarelos e menores) e preferiram não embarcar os filhos. “A situação é passageira e esses ônibus são seguros para todos”, garante Silva. Os veículos terceirizados têm 43 assentos, um espaço para acomodar cadeira de rodas e rampas para auxiliar o embarque de pessoas com dificuldade de locomoção. Os ônibus da frota própria da secretaria, que estão parados por falta de motorista e de monitor, têm 13 lugares e quatro espaços para cadeiras de rodas.


Fonte: Paula Oliveira, da Agência Brasília

Nenhum comentário: