Pesquise neste blog

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Secretaria de Gestão do Território e Habitação desenvolve projeto de Rotas Acessíveis


Hospitais regionais estão na primeira fase do projeto

Caminhos acessíveis para quem mais precisa. Por meio do projeto Rotas Acessíveis, a Secretaria de Gestão do Território e Habitação (Segeth) elaborou uma proposta de recuperação das calçadas que ligam os hospitais regionais aos principais pontos de partida e chegada de transporte público.

Idealizada pela Diretoria de Mobilidade, da Subsecretaria de Áreas Temáticas, a proposta já mapeou os principais problemas e apontou soluções para os trajetos dos hospitais regionais de Brazlândia, Planaltina, Sobradinho e Gama. O levantamento totaliza 10 mil m² de calçadas e não vai parar por aí. Guará, Santa Maria, Sobradinho e Paranoá serão os próximos, além da finalização dos estudos para os hospitais regionais da Asa Sul, da Asa Norte e Hospital de Base.

“A proposta do Rotas Acessíveis é estabelecer prioridades e resgatar o planejamento para recuperação desses espaços públicos, ao invés de atender demandas pontuais e ir, aos poucos, recuperando o passivo de calçadas em mau estado de conservação”, informou a Diretora de Mobilidade, Anamaria de Aragão. Ela também esclareceu que a ideia é, futuramente, estender o projeto a outros equipamentos que atraiam grande número de pessoas, como o entorno das estações de metrô.

Os hospitais de Taguatinga e Ceilândia, por apresentarem uma situação urbana mais complexa, exigirão a elaboração de um projeto mais específico, pois existem outros equipamentos públicos na área.  Entretanto a ideia é concluir o trabalho com os hospitais regionais até o fim do ano.

Além da recuperação do pavimento, o projeto prevê o ampliação e nivelamento das calçadas, implantação de rampas de acessibilidade, sinalização tátil em situações específicas, remoção de obstáculos. “Muitos hospitais regionais recebem diariamente um grande fluxo de moradores de outras regiões administrativas e até do entorno. Por isso, foi pensada a rota a partir dos pontos de parada de ônibus que também terão o piso reformado, de modo que as obras irão facilitar o trajeto de quem, em alguns casos, está debilitado, precisa de acessibilidade”, explicou Anamaria.

Parcerias

No último dia 15, a Segeth apresentou a proposta do Rotas Acessíveis às secretarias de Mobilidade, e de Infraestrutura e Serviços Públicos, Novacap e Agefis. Com o encontro espera-se criar uma parceria institucional para que as futuras obras de calçadas de Brasília sigam esse planejamento.


Mais informações

Assessoria de Comunicação
Telefone: (61) 3214.4025 / 3214.4077
Facebook: sec.territorioehabitacaodf
Twitter: @Habitacao_DF
Youtube: Segeth Ascom

Web: www.segeth.df.gov.br

Nenhum comentário: