Pesquise neste blog

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Grupo de Trabalho vai formular política para o cerrado







Portaria oficializa o “Recupera Cerrado”, que vai realizar consultas técnicas, jurídicas, políticas e junto à sociedade organizada para recuperar e preservar o bioma

O Grupo de Trabalho Recupera Cerrado foi oficializado pela Portaria 27, publicada no Diário Oficial nesta quarta-feira (8). O grupo terá que planejar e buscar os meios para a realização de seminário sobre experiências em recuperação do cerrado para gerar subsídios técnicos, jurídicos e políticos.

Promoverá também consultas à sociedade e reuniões técnicas. Seu objetivo é levantar demandas, sugestões e subsídios a serem utilizados na revisão, atualização da legislação distrital e na formulação da política distrital de recuperação do bioma.

No último dia 23 de junho, a equipe debateu o plano de ações no Centro de Referência em Conservação da Natureza e Recuperação de Áreas Degradadas (CRAD) da UnB. Na ocasião, o secretário de Meio Ambiente, André Lima, convocou todos os participantes da reunião para contribuir com o grupo de trabalho com definição de metas, responsabilidades e orçamento.

O subsecretário de Áreas Protegidas, Cerrado e Direitos Animais, Rômulo Mello, alinhou-se à convocação do secretário. “Precisamos elaborar um plano de ação integrada até o dia 11 de setembro, Dia Nacional do Cerrado”.

O coordenador de projetos da International Union for Conservation of Nature (IUCN), Miguel Morais, apresentou uma metodologia desenvolvida com o World Resources Institute (WRI) para identificação de oportunidades de restauração. Romulo Mello afirmou que a reunião serviu para pactuar estratégias, definir o plano de recuperação do cerrado até 11 de setembro e ouvir ideias e propostas dos órgãos ambientais federais, distritais e da sociedade civil.

O Recupera Cerrado é composto pelas secretarias de Meio Ambiente e Agricultura, Ibram, Terracap, Novacap, Emater, Crad/UnB, Instituto Federal de Brasília, Rede das Comunidades da Bacia do Rio São Bartolomeu, Funatura, Ipoema, Rede Terra, Instituto Transformar, Rede de Sementes do Cerrado, Mutirão Agro Florestal, Instituto Socioambiental, WWF Brasil, Cirat, Embrapa, Caesb, IUCN, FBB, ICMBio, Icraf, Issa, SFB/MMA, Associação dos Engenheiros Florestais do Distrito Federal, Polícia Militar Ambiental do Distrito Federal, Jardim Botânico de Brasília, CEB e Adasa.


Fonte: Secretaria de Estado do Meio Ambiente

Nenhum comentário: