Pesquise neste blog

quinta-feira, 15 de outubro de 2015

OPINIÃO & ARTIGO...

(*) Olavo da Silva Aguiar

Um Lugar Real


O Brasil vendido nas eleições pela Presidente Dilma Rousseff era um Brasil diferente, um País de prosperidade de avanços e de melhoria de vida para a população. País fictício que passou todo o período eleitoral sendo mostrado à nação, como sendo o melhor lugar do mundo, sem defeitos e sem problemas, não é o que estamos presenciando no momento. Em Brasília não foi diferente, o Governador Rodrigo Rollemberg também apresentou propostas que resolviam de forma fácil todos os problemas dos Brasilienses num passe de mágica. Mas, a cor da chita é diferente. Os dois não contavam com as dificuldades e a falta de planejamento que ainda teriam que fazer para transformar o que estavam propondo em realidade. Isso infelizmente não ocorreu e agora a população paga caro por falta de compromissos austeridade e sinceridade na forma de encarar os entraves que o País e a Cidade vêm enfrentando. 

Sinceridade, honestidade, palavras que há muito tempo foram banidas do dicionário da língua portuguesa. Pelos Políticos, é claro. O lugar em que vivemos é real e não fictício como continuam querendo mostrar ao povo. Portanto, será preciso redimensionar tudo para que se tenha uma arrumação da casa. É preciso encontrar o caminho do crescimento e da resolução dos principais problemas que assolam Brasília e o Brasil como um todo. Nos 500 anos de historia, o Brasil sempre esteve mergulhado em constantes crises. Porque o País que não investe em sabedoria, nunca será um País soberano. Mas de 2.500 empresas em todo o Brasil já fecharam suas portas, isso significa mais pessoas desempregadas e menos arrecadação para os cofres da nação. 

Está mais do que na hora de admitir que fracassaram e que daqui por diante irão precisar de ajuda de pessoas competentes (se é que ainda existe) de todas as classes para tentar melhorar o que esta insustentável. E hora da humildade, do respeito ao povo que votou e está sofrendo as consequências, vendo o seu voto ser levado pela correnteza da impunidade, da incompetência e falta de patriotismo. É, Senhores! Virou bagunça, a inflação disparou, as greves explodiram em todo País, é geral a insatisfação. Algo precisa ser feito, para transformar esse lugar real num lugar que melhore de vez a vida das pessoas, mas isso só seria possível se admitissem que necessitam da contribuição de todos para que juntos possam ajudar a tirar o País e Brasília da crise profunda em que se encontram, caso contrario iremos continuar nesse sofrimento e marchando para a insustentabilidade política e institucional. 

Anotem!

“A maquina política triunfa porque é uma minoria unida atuando contra uma maioria dividida.” Autor Desconhecido.

(*) Olavo da Silva Aguiar é pioneiro, empresário, morador de Sobradinho e fundador da ACIS - Associação Comercial e Industrial de Sobradinho 

Nenhum comentário: