Pesquise neste blog

sexta-feira, 23 de outubro de 2015

TCDF condena policial militar aposentado a devolver R$ 32 mil




João Dias Ferreira era acusado de receber recursos públicos para competições de artes marciais e não prestar contas

O Tribunal de Contas do Distrito Federal (TCDF) condenou João Dias Ferreira, policial militar aposentado que era presidente e único sócio da Federação Brasiliense de Kung-Fu (Febrak), a pagar aos cofres públicos R$ 32.311,06. Ele era acusado de receber recursos públicos para competições de artes marciais e não prestar contas nem comprovar a realização dos eventos.

A decisão foi publicada no Diário Oficial do DF na última segunda-feira (19). A multa será acrescida de juros e atualização monetária. De acordo com relatório do TCDF, havia falhas no processo de licitação e não houve a formalização do contrato.


João Dias foi detido pela Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF) em 2010, acusado de falsificar 49 notas frias para registro de repasse pelo Ministério dos Esportes a entidades sociais conveniadas com o Programa Segundo Tempo do Governo Federal. Durante os anos de 2006, 2007 e 2008, a verba repassada foi de R$ 3 milhões. Mas apenas R$ 1 milhão teria sido usado para os projetos.

Fonte: Correio Braziliense - 22/10 12h03min - Foto Divulgação

Nenhum comentário: