Pesquise neste blog

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

5ª Cantata de Natal no Lar dos Velhinhos Bezerra de Menezes faz a alegria dos idosos



Evento acontece todos os anos e é aberto à comunidade

(*) Higor Sousa/JS

Durante a apresentação de um grupo musical, vários idosos se levantaram da cadeira e se divertiram - Foto: Higor Sousa/JS

Ver a alegria, entusiasmo e o sorriso no rosto de um idoso não tem preço. Ainda mais quando se sabe que um dia iremos todos envelhecer. “Paz” foi a sensação que a dona de casa Valéria Borba, de 42 anos, sentiu ao estar na 5ª Cantata de Natal do Lar dos Velhinhos Bezerra de Menezes, localizado na quadra 14 de Sobradinho. O evento começou no dia 21 de novembro e vai até 23 de dezembro, quando o coral Canto da Paz se apresenta, às 19h30.

Valéria foi à instituição e assistiu a Orquestra de Cavaquinhos. Durante a apresentação do grupo musical, vários idosos se levantaram da cadeira e dançaram. Os que não conseguiam ficar em pé, fizeram a festa ali mesmo, sentados, porém, balançado o corpo. De acordo com Valéria, ir ao Lar do Velhinhos foi algo muito importante em sua vida. “Vale a pena todas as pessoas dedicarem pelo menos um pouco do seu tempo para visitá-los. Percebi que com esse evento (5ª Cantata de Natal) muitos idosos se sentem felizes, alegres e animados”.

“Feliz” foi a palavra pronunciada pela aposentada Domingas Alves, de 79 anos, quando questionada sobre como se sentia com o evento. Ela, que está há dois anos na instituição, disse que a Cantata de Natal consegue tirá-los do dia-a-dia. “Eu gosto muito. As pessoas se divertem e acabam saindo da rotina”. Domingas ainda acrescentou que conversar com pessoas diferentes até ajuda a esquecer os problemas de saúde. “A gente para de pensar coisas negativas”.

Na opinião da aposentada Maria Aparecida Ferreira, de 66 anos, que sempre quando pode visita o local para conversar com seus “companheiros” da terceira idade, não só a Cantata de Natal é valoroso à instituição, mas qualquer evento. “Só não estou aqui porque meu filho ainda mora comigo. Mas, se um dia ele sair de casa, não descarto a possibilidade de vir para cá. É melhor do que ficar em casa sozinha. Aqui a gente é cuidado. E se um dia eu estiver por aqui, como sou festeira, vou querer festa todo mês”, brincou Maria.

O Lar do Velhinhos Bezerra de Menezes está localizado na quadra 14 de Sobradinho - Foto: Higor Sousa/JS

Segundo a gerente de comunicação do instituto, Maíra Miranda, o intuito do evento é também atrair a comunidade para visitar o Lar do Velhinhos Bezerra de Menezes nesta época do ano. “Nós estamos abertos a visitas todos os dias do ano. Mas, principalmente durante o mês do Natal, é interessante visitá-los, porque muitos idosos não têm família”, declarou Maíra. “Além disso, eles também são carentes de conversas, de conhecer pessoas novas e de passar e trocar experiências”. A instituição foi criado em 1987 e possui 70 vagas. Dessas, 64 estão ocupadas. No total são 60 funcionários, dos quais 29 são cuidadores. Além de terem aulas de música, terapia ocupacional e fisioterapia, os idosos são acompanhados por uma nutricionista.

Na visão da supervisora Andréa Jesus da Silva, que também é cuidadora há quatro anos, a Cantata de Natal é de grande utilidade aos idosos, pois os ajuda a vivenciar coisas novas. “Eles gostam muito de receber essas apresentações e conviver com pessoas diferentes. Isso faz com que eles não fiquem tão parados e tão quietos”.

O horário de visitação à instituição é de segunda a segunda-feira, das 9h às 11h e das 14h às 17h -  Foto: Higor Sousa/JS

A instituição tem um trabalho de reciclagem e reaproveitamento de materiais. A iniciativa começou em 1997, quando funcionava apenas como uma laboterapia aos idosos. “Hoje esse trabalho cresceu bastante e chegou a ser uma importante fonte de renda para nós, a ponto de podermos pagar o 13º salário dos nossos funcionários”, informou Maíra. Para expandir o trabalho, um galpão está em construção, onde se tornará um ponto fixo dentro do Lar do Velhinhos. “Nós fazemos agendas, itens de papelaria, itens de decoração, relógios, sacolas de jornal, blocos de notas, e outras coisas”. O horário de visitação a instituição é de segunda a segunda-feira, das 9h às 11h e das 14h às 17h.


Para manter o funcionamento do Lar dos Velhinhos Bezerra de Menezes, a gerente de comunicação, Maíra Miranda, explica que a instituição recebe um repasse financeiro do governo pela Secretaria de Transferência de Renda, equivalente ao número de idosos. “Além disso, nós também recebemos parte do benefício da aposentadoria deles, dinheiro que é usado exclusivamente com os idosos, como roupa, fralda, calçado e outros”. Aos interessados em ajudar a instituição, os itens mais necessitados são fralda geriátrica e materiais de limpeza, como sabão em pó, saco de lixo e desinfetante.

(*) Por Higor Sousa/JS - Exclusivo para o Jornal de Sobradinho - Edição nº 290 de Dezembro de 2015

Nenhum comentário: