Pesquise neste blog

Secretaria de Estado da Casa Civil - DF

terça-feira, 26 de julho de 2016

EDITORIAL


 Concurso público para político já!

 

(*) Júnior Nobre

 

Dá nojo abrir jornais, sites e redes sociais diariamente e ver tanta corrupção. Realmente hoje tenho a certeza de que nosso modelo político atual vigente no Brasil faliu de vez! Veja que diante de trinta e tantos partidos um ou dois configura alguma plataforma política, talvez aqueles mais radicais tipo da causa operária ou comunistas e tal, enfim, não vou entrar diretamente nessa seara, mas vamos olhar para outros países com democracia onde só tem 2 dois partidos políticos o da direita e o da esquerda e assim se revezam no poder. Acredito que nosso problema vem de berço, onde muitos pais ainda ensinam seus filhos a burlar o que é certo, obtenção de vantagens indevidas, levar a melhor sobre seu oponente sem esforço, competição extrema e etc e tal e a sociedade boa parte dela já contaminada impõe as regras desse “jogo”. Quando observo na mídia o termômetro da corrupção tenho a certeza de que o processo político já era e a formação de caráter do ser humano mais ainda.

Sugestão 

Particularmente sou a favor do concurso público inclusive pra político. A sazonalidade válida apenas para 4 ou 5 anos seria o bom tom para novos quadros na política brasileira. O Ingresso através do concurso público seria uma forma de acabar primeiramente com esse “caixa partidário, caixa 2, com apadrinhamentos, promessas de empregos e com o analfabetismo funcional”, objetivando apenas o gestor aprovado, não estar mais refém de venda de facilidades para qualquer “político, empresário ou profissional liberal“ corrupto.  A fiscalização teria que ser técnica e mais ainda, se quiser se reeleger haveria de passar por novo concurso. A avaliação do candidato aprovado nas primeiras provas seguiria para um segundo momento de sabatina pública através dos debates televisivos no qual a população brasileira é que votaria através de todo e qualquer meio tecnológico pela consolidação do postulante ao cargo.
 
Hora de repensar nosso futuro político!
 
(*) Júnior Nobre – Jornalista Profissional MT 1518, Gestor Comercial da Editora Sobradinho Notícias LTDA e Diretor do Jornal de Sobradinho há 26 anos.

Nenhum comentário: