Pesquise neste blog

Secretaria de Estado da Casa Civil - DF

sexta-feira, 19 de agosto de 2016

Dupla brasiliense disputa um lugar no pódio no Rally Internacional dos Sertões


 

A Kandangus Rally Team participa pela 14ª vez do Rally Internacional dos Sertões. Na última edição, em 2015, a equipe foi a 4ª colocada na geral entre todos os UTV´s, que teve número recorde de participantes. A largada será no dia 3 de setembro, na capital goiana, e a chegada em Palmas (TO), no dia 10
 

Foto do carro da Kandangus no Rally Internacional dos Sertões em 2015. Foto: Marcelo Maragni
Uma das equipes mais experientes no cenário off-road brasileiro, em especial quando se trata do Rally Internacional dos Sertões, a Kandangus Rally Team (IPIRANGA/ CASCOL COMBUSTÍVEIS/ MENESES OFF ROAD/ CIA ATHLETICA/ MR1), participará pela 14ª vez do maior e mais difícil rally do Brasil. Tendo subido ao pódio nas últimas duas edições – com a 3ª colocação na categoria UTV em 2014, e o 4º na classificação geral no ano passado –, o piloto Elson Cascão II e o navegador Elson Meneses vão largar no dia 4 de setembro, em Goiânia (GO), para cruzar a linha de chegada no dia 10 em Palmas (TO), com o objetivo de conquistar novamente um lugar entre os líderes da competição.

 
Nesta edição, que contará com número recorde de 31 UTV´s inscritos, os apaixonados por aventura e adrenalina vão cruzar três estados brasileiros (Goiás, Bahia e Tocantins), rodando cerca de 2.900 Km na principal competição off road do país e a segunda maior do mundo (perde para o Dakar), que neste ano chega à sua 24ª edição. A Kandangus estreia um novo UTV, o Polaris RZR XP Turbo, modelo 2016, e competirá em uma categoria diferente do ano anterior, a UTV Pro, que reúne as melhores e mais experientes equipes.
 

Para testar o carro antes de encarar uma prova dura com os Sertões, a equipe disputou duas provas fortes no 1º semestre deste ano. A primeira delas, em março no estado de Alagoas, foi o Rally do Velho Chico, que marca a abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. A dupla subiu ao pódio ao conquistar o 2º lugar na categoria UTV. A outra prova foi no Rio Grande do Norte, em abril, e, apesar de quebrarem no primeiro dia, Cascão e Meneses tiveram fôlego para recuperar e conquistaram o 5º lugar/ UTV e o 5ª na colocação geral.

 
Sobre o UTV

 
O UTV side-by-side RZR XP Turbo modelo 2016 é equipado com um motor turbinado de 900 cilindradas, que gera 146 cavalos de potência, 20% a mais do que o do ano passado. Se considerarmos que o peso do UTV é de apenas 600 kg, o resultado é uma performance arrasadora. Possui câmbio automático CVT, suspensão independente e tração nas quatro rodas. A altura livre do solo de 34,3 cm permite encarar qualquer terreno, e os novos amortecedores com reservatórios externos são dimensionados para resistir ao abuso constante e às altas temperaturas durante oito dias de competição.

 

Apesar de ser bastante robusto em sua forma original, o carro com que a Kandangus irá disputar os Sertões não é o mesmo que saiu da concessionária. O UTV da equipe foi desmontado e reconstruído, contando com vários reforços estruturais que dão mais segurança para encarar uma competição tão intensa. Além disso, vários itens foram adaptados para a prova. Os cintos de segurança, os bancos, as rodas e pneus foram substituídos por outros mais resistentes, e até o tanque de gasolina, que na versão original aceita 37 litros de combustível, foi adaptado para receber 90 litros. Além disso, dois extintores de incêndio de 2kg foram instalados para reforçar a segurança.
 

Equipe:
 

É a quinta vez que Cascão e Meneses formam a dupla piloto/navegador nos Sertões. Em 2009, quando correram juntos pela primeira vez, a Kandangus disputou na categoria Protótipo T1, com o Sherpa V2, e alcançou o 8º lugar e o 10º no ranking geral. Antes do Protótipo, a Kandangus disputou os Sertões na categoria carros, com uma L200 e uma S10.

 
Além da dupla de xarás, outras dez pessoas fazem parte da equipe, são eles: motoristas, mecânicos, cozinheiro e apoio. A estrutura conta com um motorhome, um caminhão oficina e uma caminhonete de apoio rápido. No caminhão segue um UTV reserva para repor peças que eventualmente sejam danificadas no carro oficial durante a prova.
 

Dupla experiente:

 
piloto e navegador comemoram o 4º lugar geral em 2015. foto: Bruno Cajado



Elson Cascão II, 56 anos

 

É um veterano de rallies. A primeira participação foi em 1999. Já no ano seguinte, em 2000, conquistou o vice-campeonato brasileiro, Em 2001 subiu no lugar mais alto do pódio ao conquistar o 1º lugar no campeonato brasileiro, ambos na categoria regularidade.  À época, seu navegador era o amigo de infância Geraldo Malvar. Outro bom resultado foi em 2003, no Rally Internacional dos Sertões, quando a Kandangus ficou em 5º lugar na categoria “Production”. Das 13 participações no Sertões, os melhores resultados vieram em 2014, com a 3ª colocação na categoria, e em 2015, quando também subiu ao pódio ao conquistar a 4ª posição geral nos UTV´s.

 

Elson Meneses, 51 anos

 

Foi, por nove anos, o chefe de equipe da Kandangus e comandava um time de dez profissionais que viajam no caminhão de apoio. Em 2009, ajudou na construção do Protótipo e aceitou o desafio de navegar para Cascão. De lá para cá, acumulou experiência como navegador nos Sertões em várias equipes: em 2012, correu ao lado do mineiro Cristiano Batista (MEM), na categoria Protótipo. Em 2013, foi companheiro do paulista Marcelo Daminie (Expert 4X4), na Super Production, e conquistaram o segundo lugar na categoria.Em 2014, ele fez dupla com Davison Rabechi (TRT Rally Team), na categoria Pró-Brasil. No ano passado, voltou a navegar para Cascão e arrancaram a 4ª colocação.  Meneses também disputa vários campeonatos de rally no DF. No ano passado, ele – piloto – e a esposa Claudia – navegadora – conquistaram o 1º lugar na categoria Jeep no Lagartixa Trophy. Em anos anteriores também ocuparam juntos o lugar mais alto no pódio no Calango Trophy.

 

Investimento

 

Disputar o Rally Internacional dos Sertões demanda um alto investimento. A utilização do UTV possibilitou uma redução de custos. A equipe estima investir R$ 300 mil, valor viabilizado pelos patrocinadores, que tem suas marcas estampadas no carro e em todos os veículos de apoio. No caso da Kandangus, a equipe conta com patrocínios de peso: IPIRANGA, CASCOL COMBUSTÍVEIS, MENESES OFF ROAD, CIA ATHLETICA e MR1.


Curiosidades:

 

  • Ao todo, serão 2.900 quilômetros de percurso total, sendo cerca de 2.000 de trechos cronometrados (especiais). 

 

  • Modalidade que mais cresce no rali, os UTVs mais uma vez tem recorde de inscritos. Em 2014 foram 23 veículos, no ano passado foram 30, e, neste ano, o número subiu para 31. 

 

  • O fato de ser um carro sem para-brisa obriga que piloto e navegador usem capacete e óculos especiais durante a prova
 


Acompanhe o Rally dos Sertões
Facebook: 
facebook.com/sertoesoficial
Instagram: 
instagram.com/sertoesoficial
Twitter: 
@sertoesoficial
YouTube: 
youtube.com/dunasrace



 
Fonte: Carla Spegiorin e Antônio Filho - Âncora Comunicação – Assessoria de imprensa

Nenhum comentário: