Pesquise neste blog

quarta-feira, 28 de setembro de 2016

UTILIDADE PÚBLICA


CONTA DE ÁGUA PODE AUMENTAR ATÉ 40% NO DF


A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) anunciou a implantação da tarifa de contingência, que poderá aumentar em até 40% a conta de água; o valor varia de acordo com a categoria e a faixa de consumo; a resolução será discutida em audiência pública na próxima segunda-feira (3), no auditório da Adasa, em Brasília; atualmente, os reservatórios do Descoberto e de Santa Maria operam com o limite de 34,7% e 48%, respectivamente

 
A Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal (Adasa) anunciou nesta quarta-feira (28) a implantação da tarifa de contingência, que poderá aumentar em até 40% a conta de água. O valor varia de acordo com a categoria e a faixa de consumo. A resolução será discutida em audiência pública segunda-feira (3), às 9h, no auditório da Adasa, em Brasília.

A proposta é um incentivo para a economia de água. Se o consumo diminuir, o valor da conta será reduzido e terá a aplicação do bônus que é concedido desde 2009. Segundo o presidente da Adasa, Paulo Salles, racionar é importante porque as chuvas não foram suficientes. “É imprescindível que continuemos com a redução, ainda não estamos em situação confortável”, disse.

Atualmente, os reservatórios do Descoberto e de Santa Maria operam com o limite de 34,7% e 48%, respectivamente. Caso qualquer um deles atinja o limite de 25%, a taxa entrará em vigor. Com a taxa, é prevista uma economia de 1,5 milhão de milímetros cúbicos por mês.

Da Agência Brasil

Nenhum comentário: