Pesquise neste blog

Secretaria de Estado da Casa Civil - DF

quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Por Que Tem Que Ser Assim?


 

Sabe aquele desejo incontrolável?

Que dura

nanossegundos apenas

Antes de morrer

Para todo o sempre

Uma escura névoa

E mais nada para além disso

***

Sabe aquele fervor indômito?

Que nasce sabesse lá onde

Percorre

Queima

Que trespassa o corpo incorpóreo

Por inteiro

Para depois desvanecer no nada

Em meio a coisa alguma

***

Sabe aquele volúpia irrefreada?

Que esvaece

Com o nascer de um novo dia

Com a luz irradiante

De todas as razões

 

(*) Samuel da Costa Escritor e Poeta

Nenhum comentário: