Pesquise neste blog

terça-feira, 8 de novembro de 2016

COLUNA COMENTANDO VERSÍCULOS DA BÍBLIA por NANDO FERREIRA


Palavra de DEUS

E depois, foram para Jericó. E, saindo ele de Jericó com seus discípulos e uma grande multidão, Bartimeu, o cego, filho de Timeu, estava assentado junto do caminho, mendigando.

E, ouvindo que era Jesus de Nazaré, começou a clamar, e a dizer: Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim.

E muitos o repreendiam, para que se calasse; mas ele clamava cada vez mais: Filho de Davi! Tem misericórdia de mim.

E Jesus, parando, disse que o chamassem; e chamaram o cego, dizendo-lhe: Tem bom ânimo; levanta-te, que ele te chama.

E ele, lançando de si a sua capa, levantou-se, e foi ter com Jesus.

E Jesus, falando, disse-lhe: Que queres que te faça? E o cego lhe disse: Mestre, que eu tenha vista.

E Jesus lhe disse: Vai, a tua fé te salvou. E logo viu, e seguiu a Jesus pelo caminho.

Marcos 10:46-52

Comentando

(*) Nando Ferreira
Obs.: Esse texto conta uma história muito famosa da Bíblia, relato de uma parte muito importante da vida de Bartimeu. Bartimeu ficou cego se encontrava em situação de mendicância e não diferente de hoje era excluído pela sociedade. Quando Bartimeu se deparou com Jesus sentiu que era a sua oportunidade e gritou por misericórdia muitos “religiosos “ tentaram repreender o grito de Bartimeu, mas o que eles não sabiam é que mesmo sem ver, Bartimeu tinha intimidade com Jesus (filho de Davi). Bartimeu tinha fé, Bartimeu sabia o que queria e para quem estava pedindo. Foi um grito de fé que fez Jesus parar. Grito cheio de fé e que fez toda essa fé fazer a diferença nessa história.

Temos que fazer do pedido de Bartimeu o nosso pedido entendendo que sem dependência e fé não conheceremos a Cristo, não tem como seguir a Cristo sem conhece-lo. (Leia a bíblia)

Jesus, filho de Davi, tem misericórdia de mim.


Ótimo e abençoado mês de novembro!
 

(*) Nando Ferreira (foto) é empresário, e colabora com o Jornal de Sobradinho - Edição nº 310 referente a primeira quinzena de novembro de 2016

Nenhum comentário: