Pesquise neste blog

domingo, 12 de março de 2017

CIDADANIA/ REGIÃO NORTE DO DF – SOBRADINHO I E II

Troca de geladeiras estimulará economia de energia em Sobradinho II

Substituição de 400 refrigeradores e de 4 mil lâmpadas incandescentes neste sábado (11) beneficiam moradores da região administrativa

(*) GABRIELA MOLL

A partir dos próximos meses, a conta de luz poderá pesar menos no bolso de famílias de Sobradinho II. Na manhã deste sábado (11), 400 geladeiras inadequadas foram substituídas por equipamentos novos e mais eficientes e com menor impacto ambiental.

O governador Rodrigo Rollemberg entrega geladeira ao morador de Sobradinho II, Helenilton Sousa Silva.

Para estimular ainda mais a economia energética na região, também foram substituídas 4 mil lâmpadas incandescentes para a população e feita a triagem para a doação de cem aquecedores solares de água.

Ao entregar uma das geladeiras a Helenilton Sousa Silva hoje, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, ressaltou a competência da ação. “Beneficiaremos pelo menos 400 famílias em Sobradinho II, mas o ganho é de todo o Distrito Federal”, disse Rollemberg.

A casa do casal Wanderson Pablo Ferreira, de 38 anos e Isabel Cristiane Ferreira, de 36 anos, terá uma economia estimada em 30%. Eles receberam das mãos do governador um aquecedor solar de água para substituir o chuveiro elétrico.

“Gasto uma média de R$ 250 a 280 por mês na conta de luz, espero uma melhora significativa no próximo mês”, alegrou-se Wanderson.

Programa Agente CEB

A ação é de iniciativa da Companhia Energética de Brasília e integra o programa Agente CEB, que está em sua terceira edição. A substituição começou em dezembro de 2016, em Ceilândia, e já passou pela Fercal, por Samambaia e por Sobradinho.

“As geladeiras são novíssimas e de consumo pequeno, o que proporciona para cada contemplado uma grande redução na conta de energia”, disse o diretor-presidente da CEB, Ari Joaquim da Silva.

O objetivo é substituir 7 mil refrigeradores e 80 mil lâmpadas e a doar 2 mil aquecedores solares no Distrito Federal. Até o momento foram entregues 2.332 refrigeradores, 10.768 lâmpadas, 150 aquecedores.

Como participar do programa

Para serem contempladas com os equipamentos, as famílias devem ser consumidoras da CEB e morar em áreas carentes do DF. Um agente de campo visita as casas para avaliar a eficiência dos materiais e verificar se há lâmpadas incandescentes ou fluorescentes.

Se verificada a necessidade de trocas, é agendada a visita de um eletrotécnico. Ele valida a indicação e anexa um selo para substituição. As geladeiras e as lâmpadas recolhidas serão enviadas para uma empresa de reciclagem.

Para serem contempladas com os equipamentos, as famílias devem ser consumidoras da CEB e morar em áreas carentes do DF


No caso da doação dos aquecedores solares, a ideia é diminuir a conta de luz em relação ao chuveiro elétrico, grande consumidor de energia.


Para receber o benefício, os agentes avaliam se as moradias têm laje, que é a estrutura adequada para receber o equipamento, ou espaço físico suficiente para receber a placa de captação da luz solar e o reservatório térmico para armazenar a água aquecida.

Todos os equipamentos oferecidos pela CEB contam com o Selo Procel de Economia de Energia. Os investimentos para a aquisição desses aparelhos e dos aquecedores solares, além dos serviços, somam R$ 16.630.992,79.

Entre as obrigações previstas em contratos de concessão firmados pelo Ministério de Minas e Energia está a aplicação de, no mínimo, 0,5% da receita operacional líquida da distribuidora em ações de combate ao desperdício de energia (programas de eficiência energética).

A medida, prevista na Lei Federal nº 9.991, de 2000, é fiscalizada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

(*) fONTE: GABRIELA MOLL - EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA –fOTOS: Renato Araújo/Agência Brasília

Nenhum comentário: