Pesquise neste blog

quarta-feira, 29 de março de 2017

MOBILIDADE / REGIÃO NORTE DO DF

Governador vistoria obras no Trevo de Triagem Norte
Trabalhos estão 10% executados. Previsão é concluí-los até 2018, mas a ideia é fazer entregas parciais antes disso
(*) ÁDAMO ARAUJO

As obras do Trevo de Triagem Norte atingiram cerca de 10% de execução. Para conferir o andamento do serviço, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, esteve na manhã desta terça-feira (28) nos canteiros onde ocorrem as intervenções.
O governador Rodrigo Rollemberg esteve, na manhã desta terça-feira (28), nos canteiros onde ocorrem as obras do Trevo de Triagem Norte.

Rollemberg assistiu a uma apresentação sobre o projeto e foi aos dois viadutos que estão prontos. “É a maior obra viária do Distrito Federal e, quando concluída, vai melhorar muito a mobilidade para quem mora ou precisa acessar a região norte de Brasília”, enfatizou o governador.
O projeto prevê a remodelação da Ponte do Bragueto, a revitalização de 10 quilômetros de pavimento e a construção de duas pontes, 13 viadutos, 6 quilômetros de ciclovias e 17 quilômetros de vias. “Um dos destaques foi a adaptação de parte do projeto para atender a solicitações dos ciclistas”, contou Rollemberg.
O governador ressaltou que as intervenções não afetaram as áreas de preservação ambiental, por ser uma obra licenciada e que cumpriu todas as exigências feitas pelo Instituto Brasília Ambiental (Ibram).
No fim de janeiro, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios recomendou a paralisação das atividades no Trevo de Triagem Norte para esclarecimentos. O Ibram não considerou necessária a interdição e encaminhou as devidas respostas no início da semana passada.
Previsão de entrega do Trevo de Triagem Norte




Trabalhos estão 10% executados. Previsão é conclui-los até 2018, mas a ideia é fazer entregas parciais antes disso.
Com o objetivo de desafogar o trânsito beneficiando 100 mil condutores por dia, as obras foram iniciadas em maio de 2014, paralisadas no fim daquele ano e retomadas em junho de 2016. A previsão é que tudo seja concluído até 2018.
Mas haverá entregas parciais. “Apesar dessa data, pretendemos entregar gradualmente os trechos que ficarem prontos, como será em relação às intervenções do fim da Asa Norte”, explicou o diretor-geral do Departamento de Estradas de Rodagem (DER), Henrique Luduvice.
As benfeitorias vão permitir a criação do Expresso Norte, que beneficiará cerca de 200 mil pessoas. A fase atual é de captação de recursos, pois depende de liberação do governo federal.
O próximo passo, já com o projeto pronto, é abrir licitação. “Assim, a gente segue priorizando o transporte coletivo, com a meta de aumentar sempre a fluidez”, destaca o secretário de Mobilidade, Fábio Damasceno.
Trevo de Triagem Norte e Ligação Torto-Colorado
O Trevo de Triagem Norte é composto por dez obras, entre pontes, viadutos e túneis. O objetivo é distribuir o fluxo de veículos com destino ao Plano Piloto, levando ao Eixão Norte e Sul, à W3, aos Eixinhos Leste e Oeste e à L2.
Somadas às passagens previstas na Ligação Torto-Colorado — construção de uma pista marginal à DF-003 e de novos acessos aos condomínios —, serão 23 intervenções.
As benfeitorias no Trevo de Triagem Norte e na Ligação Torto-Colorado vão custar, ao todo, R$ 207 milhões — R$ 146 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), R$ 51 milhões de contrapartida do governo de Brasília e R$ 10 milhões da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap).
(*)Por ÁDAMO ARAUJO,  EDIÇÃO: MARINA MERCANTE, Fotos: Tony Winston/Agência Brasília

Nenhum comentário: