Pesquise neste blog

quarta-feira, 19 de abril de 2017

BOLETIM DE OCORRÊNCIA NA REGIÃO NORTE DO DF


QUARTETO CRIMINOSO ASSALTA EM CEILÂNDIA E ACABA PRESO EM SOBRADINHO II

(*)  Gilmar Santos

Dois homens e duas mulheres assaltaram um casal em Ceilândia e acabaram presos em Sobradinho II.

Por volta das 21h30 de ontem (18), as equipes do Gtop 33 Alfa e Bravo, do 13º Batalhão, receberam a informação de que dois assaltantes, armados com revólver, haviam tomado de assalto um VW Fox branco de um casal, em Ceilândia. Souberam ainda que os assaltantes teriam descido de outro Fox branco com placas de GO e que dentro do carro tinha duas mulheres.

Diante das informações, as equipes de Gtop iniciaram patrulhamento na BR-020 e DF-150, pois os policiais lembraram que assaltantes em um carro com as características do Fox roubado haviam realizado diversos roubos em Sobradinho II, dias atrás.

Ao passarem pelo condomínio Versalles, no conjunto B, os integrantes da equipe do Gtop 33 Bravo, sargentos Trajano, Alysson e Arilson e o cabo Lucena, viram um Fox com dois homens e duas mulheres dentro. Durante a aproximação da viatura, um dos ocupantes do carro desceu, correu e entrou em uma casa que estava em construção. 

Outro homem ainda tentou fugir pelo telhado de uma casa, mas foi contido pela equipe do Gtop 33 Bravo, sargento Jeferson, cabo R. Gomes e o Soldado Kenji.

Nada de ilícito foi encontrado com os detidos. Entretanto, eles alegaram que estavam chegando da cidade de Ceilândia.

Desconfiados, os policiais entraram em contato com as vítimas, que passaram as características dos assaltantes, coincidindo com as dos abordados.

Após informações que eles haviam sido reconhecidos pelas vítimas, os suspeitos confessaram a autoria do roubo e apontaram uma casa abandonada, onde esconderam o carro roubado.

No local indicado, foi localizando o veículo roubado e um revólver calibre 38, com 5 cinco munições intactas, além de duas facas, carteira com documentos, chaves de carros, ferramentas, balança de precisão dentre outros objetos.

Após serem reconhecidos pelas vítimas, os detidos foram autuados.


(*)  Gilmar Santos/PMDF

Nenhum comentário: