Pesquise neste blog

terça-feira, 16 de maio de 2017

MEIO AMBIENTE

Professores recebem treinamento sobre uso consciente da água

A ideia é que eles se tornem multiplicadores de conhecimento em toda a rede pública de ensino do DF. O projeto uniu o plano de ação para prevenção e controle das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, da Secretaria de Saúde, e o programa Mensageiros da Água, da Caesb

Secretaria de Educação lançará na terça-feira (16) programa de treinamento ambiental para professores e coordenadores da rede pública do Distrito Federal. O foco é a conscientização sobre o uso sustentável da água e a prevenção do mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue, da febre chikungunya e do zika vírus.
Com o treinamento, os profissionais de educação estarão capacitados a atuar como agentes de mobilização nas escolas. Eles farão inspeção semanal para detectar possíveis focos do mosquito e também o monitoramento do consumo de água da unidade escolar.

As 14 regionais de ensino do DF terão o compromisso de repassar o conhecimento às 677 escolas da rede pública

A intenção da secretaria é formar 651 profissionais da educação como multiplicadores do projeto. As 14 regionais de ensino do DF, alvo das palestras informativas, terão o compromisso de repassar o conhecimento às 677 escolas da rede pública.
O projeto uniu duas frentes de trabalho: o plano de ação para prevenção e controle das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti, da Subsecretaria de Vigilância à Saúde, da Secretaria de Saúde; e o projeto Mensageiros da Água, da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb).
Essa atividade faz parte do projeto de política ambiental da Secretaria de Educação e pretende atingir os 410 mil estudantes da rede de ensino público para que eles sejam multiplicadores em suas famílias e comunidades.
Serão sete dias de atividades. Os professores selecionados receberão ensinamentos sobre como localizar vazamentos de água nas escolas e como mudar os hábitos de consumo para economizar os recursos hídricos.
De acordo com a Subsecretaria de Educação Básica, que coordena o projeto, a iniciativa para as capacitações vem da preocupação com os recipientes utilizados pela comunidade para reservar água.
Neste momento de crise hídrica no DF, muitas pessoas utilizam de forma inadequada o armazenamento de água, o que cria reservatórios com focos do vetor da dengue.
Cada regional de ensino receberá uma palestra de três horas com informações sobre o ciclo de vida do mosquito Aedes aegypti e de como detectar a presença do inseto no ambiente escolar. Haverá encontro pela manhã, das 8 às 11 horas, e à tarde, das 14 às 17 horas, de acordo com a quantidade de participantes.
Capacitação de agentes de mobilização da Secretaria de Educação
Guará e Núcleo Bandeirante
16 de maio (terça-feira)
No Centro de Ensino Médio 1 do Núcleo Bandeirante
Terceira Avenida, Área Especial nº 4, Setor Tradicional

Paranoá e São Sebastião
18 de maio (quinta-feira)
No auditório da Coordenação Regional de Ensino do Paranoá e Itapoã
DF 250, Km 3, Sítio Rosas, Paranoá

Gama, Recanto das Emas e Santa Maria
19 de maio (sexta-feira)
Local a ser definido.

Brazlândia, Taguatinga e Samambaia
23 de maio (terça-feira)
Local a ser definido.

Sobradinho e Planaltina
25 de maio (quinta-feira)
Local a ser definido.

Ceilândia
26 de maio (sexta-feira)
Local a ser definido.

Plano Piloto
30 de maio (terça-feira)
Local a ser definido.
(*) LARISSA SARMENTO, EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA DA AGÊNCIA  bRASÍLIA

Nenhum comentário: