Pesquise neste blog

quinta-feira, 29 de junho de 2017

SOBRADINHO


Urbanizadora Paranoazinho lança campanha para incentivar a regularização


Com o mote “Regularização em Suas Mãos”, a campanha pretende mostrar que o sonho de legalização está ao alcance de todos os moradores da região


Há quase 10 anos a Urbanizadora Paranoazinho - UPSA trabalha para promover a regularização na Fazenda Paranoazinho. Atualmente, cerca de 30% dos mais de seis mil lotes da área já possui escritura ou está em processo de regularização. Para esclarecer dúvidas, no dia 27 de junho, a Urbanizadora lançou a campanha Regularização em Suas Mãos. Estiveram presentes ao evento a presidente do Instituto Brasília Ambiental – IBRAM, Jane Vilas Bôas, o administrador de Sobradinho, Valter Leite, o presidente da Associação dos Notários e Registradores do Distrito Federal - ANOREG/DF, Allan Guerra e o diretor-presidente da UPSA, Ricardo Birmann - além de mais de 100 moradores interessados em saber mais sobre o processo.

A regularização significa valorização do patrimônio, preservação do meio ambiente e melhoria na qualidade de vida das pessoas. Porém, ainda existe resistência e desconhecimento por parte de alguns. Uma das metas da campanha é conscientizar que quanto mais cedo o morador procurar a UPSA e iniciar a negociação, melhores serão as condições oferecidas. “O objetivo é recuperar a plena legalidade no uso do solo da Fazenda Paranoazinho e valorizar toda a região”, afirmou Ricardo Birmann.

A campanha servirá como instrumento de conscientização. “A regularização está nas mãos do morador e ele está totalmente empoderado para, a partir de sua iniciativa, chegar até a legalização do seu imóvel”, declarou Birmann. E ainda ressaltou que regularizar vai além da escritura. “É valorização do patrimônio, responsabilidade com a cidade e com o meio ambiente. Fortalece todos os aspectos que fazem com que sejamos uma sociedade”

A campanha Regularização em Suas Mãos mostra aos moradores, por meio de outdoors, informativos, panfletos, redes sociais e mídia em veículos impressos e eletrônicos, quais os passos que devem ser percorridos para a tão esperada regularização. Além disso, uma cartilha com os benefícios e vantagens da legalização também será distribuída.

Comprovação do trabalho realizado

Em relação ao impacto da regularização ao meio ambiente, Jane Vilas Bôas, presidente do Ibram, explicou que a ocupação irregular do solo impacta negativamente no direito constitucional ao meio ambiente saudável.  “O parcelamento impacta o solo, a fauna, a flora e o sistema hídrico porque são feitos todos os procedimentos necessários como a terraplanagem e a impermeabilização e isso vai se expandindo e é preciso fazer de uma maneira que continue a ter um ambiente saudável. O grileiro não tem esse cuidado, ele se apropria do que é de todos nós e vê na terra uma oportunidade de fazer um patrimônio sem dar nada para a sociedade”, declarou. O presidente da Associação dos Notários e Registradores do Distrito Federal - Anoreg/DF, Allan Guerra, assegurou que a UPSA sempre cumpriu as exigências feitas pelos  cartórios. “A UP conseguiu passar por todas as etapas e chegou ao registro de loteamento em cartório”, reconheceu.

Valter Leite, administrador de Sobradinho, parabenizou a Urbanizadora pelo comprometimento com a cidade. “Eu vejo que vocês tiveram o compromisso, a paciência e a persistência de fazer tudo certo.” O administrador lembrou ainda das cartas de habite-se que estão sendo assinadas. “Nesses dois meses que estou à frente da Administração, já tive a oportunidade de assinar algumas cartas de habite-se e dar maior credibilidade ao processo”, relatou.

Os moradores presentes puderam obter informações verdadeiras e atualizadas sobre o processo de regularização dos seus condomínios, além de expor as expectativas e esclarecer dúvidas.


Fonte: Luiz Ribeiro, Karolina Kopko – Ascom santaféideias

Nenhum comentário: