Pesquise neste blog

sexta-feira, 7 de julho de 2017

HABITAÇÃO / DF

Lei de Uso e Ocupação do Solo é tema de seminário 
O governador Rodrigo Rollemberg participou da abertura do encontro nesta manhã e disse que o debate é estratégico para o desenvolvimento da cidade

(*) LARISSA SARMENTO

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, abriu na manhã desta quinta-feira (6) debate sobre os principais aspectos e desafios da Lei de Uso e Ocupação do Solo do Distrito Federal (Luos).

O governador Rodrigo Rollemberg participou da abertura de seminário sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo do DF (Luos).

O seminário Visão Capital, promovido pelo Jornal de Brasília, ocorre no Centro Internacional de Convenções do Brasil com painéis de especialistas convidados. Na plateia, estão executivos e investidores do mercado imobiliário, do comércio, da indústria, além de juristas, advogados e acadêmicos. O encontro vai até as 12h30 e é aberto ao público.
Para o governador, debater esse tema é estratégico para melhorar o desenvolvimento da cidade. “Queremos garantir o crescimento ordenado e a qualidade de vida para as futuras gerações”, afirmou Rollemberg.
O secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade, também presente no evento, explicou que a Luos é o instrumento mais importante para o ordenamento do território. “É a nossa prioridade zero para fazer uma gestão mais eficiente”, completa.
Consulta pública sobre a Luos vai até o dia 14
No evento, o chefe do Executivo local afirmou que o governo está em processo de finalização da proposta da Luos, que será enviada para a apreciação da Câmara Legislativa ainda em agosto. O documento é produzido pelo Executivo local com a participação da população.
Desde terça-feira (4), está aberta a quarta consulta pública on-line sobre o assunto. Para participar, basta entrar no site da Secretaria de Gestão do Território e Habitação, responsável pelo projeto, e fazer o cadastro com nome, CPF, e-mail e número de telefone.
Os interessados poderão enviar contribuições até 14 de julho. A matéria vai estipular as regras de ocupação e construção no interior dos lotes.
Desde o início da gestão, foram feitas 24 consultas públicas presenciais nas regiões administrativas. A última será em 15 de julho, no auditório da unidade acadêmica do campus de Ceilândia da Universidade de Brasília (Área Especial, Setor N QNN 14, Conjunto O), às 9 horas.
Regularização fundiária no DF
O governador destacou para os presentes no seminário algumas ações do governo para promover a regularização fundiária no DF:
(*)LARISSA SARMENTO -  EDIÇÃO: PAULA OLIVEIRA - Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

Nenhum comentário: