Pesquise neste blog

domingo, 23 de fevereiro de 2020

CASO DE POLÍCIA / REGIÃO NORTE DO DF

Dupla é presa no Lago Norte por roubo a drogaria de Sobradinho
 
Dupla é presa por roubo a drogaria de Sobradinho, na noite de sábado (22), na DF 005, km 4, Lago Norte. A PMDF recebeu a informação via rádio e localizou os ocupantes dentro de um veículo, na DF 005.

A equipe policial interceptou o veículo, que teria sido utilizado para praticar o roubo a uma drogaria no Balão do Colorado, em Sobradinho, na noite de ontem (22).

Após o roubo, os policiais militares localizaram os suspeitos no Lago Norte. Uma das vítimas reconheceu o menor de idade como autor da infração e este foi encaminhado à DCA e autuado por ato infracional análogo ao crime de roubo.

Em seguida, o outro envolvido afirmou que detinha, aproximadamente, dois quilos de substância entorpecente análoga a Haxixe, em casa, no Paranoá. Diante disso, os militares foram até o local e a droga foi apreendida.

O homem foi encaminhado à 6ª DP para o registro da ocorrência.

Participaram da ocorrência: Rotam Bravo 04


Fonte: Débora Morais/PMDF

sábado, 22 de fevereiro de 2020

DECLARAÇÃO DE IMPOSTO DE RENDA / CONTRIBUINTE

Entrega da declaração do imposto de renda começa dia 2 de março
 
O prazo para entrega da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física 2020 – ano base 2019 começa no próximo dia 2 de março e vai até 30 de abril. De acordo com a Receita Federal, antes da abertura do período de entrega da declaração é importante fazer a busca dos documentos necessários e, em caso de faltar algum, já ir atrás de uma nova via. Há ainda os informes de rendimentos das fontes pagadoras e instituições financeiras e recibos de pagamentos e compras.  A Secretaria da Receita Federal informou ainda que espera receber cerca de 32 milhões de declarações do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF) em 2020, relativas ao ano-base 2019, dentro do prazo legal. No ano passado, a Receita recebeu 30,6 milhões de declarações. Com isso, o Fisco espera que cerca de 1,4 milhão contribuintes a mais prestem contas ao leão neste ano.

Foto: Divulgação 

CARNAVAL 2020 / COMÉRCIO


Saiba como será o funcionamento do comércio no Carnaval 2020
 
A Fecomércio-DF informa que as lojas de rua e de shoppings do Distrito Federal funcionarão normalmente no domingo (23) e na segunda-feira (24), fechando na terça (25) de Carnaval. Na quarta-feira de cinzas (26), os estabelecimentos estão autorizados a funcionar pela manhã.  Os supermercados da capital da República estão autorizados a abrir todos os dias de folia e o funcionamento dependerá de cada rede. Já os bares e restaurantes da cidade estarão de portas abertas para receber os foliões durante todos os dias de festa. As farmácias do DF terão expediente facultativo, exceto as que estão na escala de plantão, que são obrigadas a abrir.

As óticas, papelarias, açougues, floriculturas, assim como o comércio varejista de automóveis e acessórios, funcionarão normalmente no sábado. Fica a critério de cada empresa dessas atividades abrir no domingo (23). Os empresários estão autorizados a abrir na segunda (24) mediante o pagamento de hora extra para os funcionários, conforme definido em convenção coletiva. Na terça-feira (25), esses segmentos não funcionarão. E fica a critério de cada empresa dessas atividades abrir na quarta-feira (26).

A Federação do Comércio, o Instituto Fecomércio e o Senac-DF não funcionarão na segunda, terça e quarta-feira, em função do Carnaval. O expediente será retomado normalmente na quinta-feira (27). O Sesc-DF, por sua vez, abrirá os clubes durante todos os dias do Carnaval, exceto quarta-feira de cinzas.


Foto: Divulgação

CARNAVAL 2020 / FESTA / SHOW


Carnaval dos 60 anos:  Aniversário de Brasília é tema de desfile do Bloco dos Raparigueiros
 
O Carnaval 2020 está chegando e o Bloco dos Raparigueiros, um dos mais tradicionais da cidade, está nos preparativos finais para colocar seus trios elétricos na rua. Isso porque, no próximo domingo (23/2), o público brasiliense poderá cair na folia com o “ Carnaval dos 60 anos”.

O tema do desfile deste ano foi uma homenagem mais que merecida a capital federal que completará 60 anos em abril. “ Nosso tema não poderia ser outro, essa foi a forma de prestarmos uma homenagem a essa cidade que acolhe com tanto amor o maior bloco do Centro-Oeste há 28 anos”, explica o presidente do Bloco dos Raparigueiros, Zanata Gregório.

A concentração da festa está marcada para as 17h, no Eixo Monumental, na altura da Torre de TV. O percurso do evento este ano partirá do Estádio Mané Garrincha e percorrerá cerca de 4km encerrando as atividades em seu local de partida. A animação dos trios ficará por conta das bandas Papel Marchê e DNA Salvador e Batucada dos Raparigueiros

Estrutura

A grande novidade este ano é a montagem do salão popular, espaço inteiramente dedicado para ensinar os foliões brasiliense novas coreografias durante a concentração. O local ainda contará com apoio de bailarinos, distribuição de brindes e bebidas a preço especial para os associados.

Os desfiles contarão com   três trios elétricos, sendo 02 dedicado as bandas que irão se apresentar e outro para dar apoio aos foliões equipado com banheiros, enfermaria, bar e camarote VIP, além claro, de uma grande estrutura de sonorização e iluminação.

Campanhas educativas também estão dentro do cronograma do bloco e levarão informações direta ao público, como por exemplo dicas de educação no trânsito, contra a exploração infantil e prevenção de doenças sexualmente transmissíveis cuja incidência é alta durante o período de carnaval. Este ano o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) também entra com a campanha “Carnaval Limpo” que trabalhará questões de sustentabilidade e de limpeza da cidade.


Serviço:

Desfile dos Blocos dos Raparigueiros
Data: 23/02 (domingo)
Local: Eixo Monumental altura da Torre de TV.
Horário da concentração: 17h
Início do evento: 19:30h
Informações: 99908-0004/ 98135-7020
www.raparigueiros.com.br

sexta-feira, 21 de fevereiro de 2020

CARNAVAL 2020 / CONVITE AOS SOBRADINHENSES

Durante o carnaval venha repor suas energias da forma mais gostosa. Self Service de café da manhã servido todos os dias.

CARNAVAL 2020 / ACONTECENDO...

Polícia Rodoviária Federal inicia Operação Carnaval nesta sexta-feira
  Fiscalização nas rodovias federais vai até quarta-feira à meia-noite 

A Operação Carnaval deste ano, que começou nas primeiras horas desta sexta-feira (21), fiscalizará 66 mil quilômetros de rodovias federais em todo o país. Segundo a Policia Rodoviária Federal (PRF), a fiscalização vai até a meia-noite da Quarta-feira de Cinzas (26), com reforço no número de viaturas e de agentes em ação, além de equipamentos eletrônicos, para reduzir o número de acidentes de trânsito.

Nos trechos em que, estatisticamente, é maior a frequência de acidentes graves, e em que o fluxo de veículos aumenta em feriados prolongados como o carnaval, a PRF atua em esquema especial, com equipes reforçadas na fiscalização, orientação e atendimento de ocorrências.

De acordo com a Polícia Rodoviária, a garantia de uma viagem segura requer, necessariamente, o compromisso do condutor e dos passageiros dos veículos com sua própria segurança. É necessário que todos mantenham atenção durante a viagem e tenham responsabilidade com seus atos, avaliando se a conduta é segura ou se traz algum risco de envolvimento em acidente.

Dicas de viagem

A PRF tem algumas dicas que motoristas e passageiros devem seguir para uma viagem tranquila. A primeira delas é atenção redobrada durante todo o percurso, de modo que se possa perceber qualquer risco viário com antecedência. É preciso também respeitar a sinalização, obedecendo aos limites de velocidade e às condições de ultrapassagem indicados nas placas ao longo das rodovias. As plantas não foram colocadas naquele ponto da estrada sem motivo, alerta a PRF. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local.

O planejamento da viagem também é importante: o motorista deve se informar sobre as distâncias que vai percorrer, condições do tempo, pontos de parada, existência de postos de combustíveis e de restaurantes à beira da estrada. Para o motorista, é fundamental não esquecer documentação pessoal e do veículo.

Antes de pegar a estrada, a Polícia Rodoviária Federal recomenda a Revisão preventiva do veículo, cujas condições devem ser checadas mesmo para pequenas viagens. Na rodovia, deve-se circular com faróis acesos, para ver e ser visto; os pneus precisam estar calibrados e em bom estado; o motor revisado, e o óleo e o nível da água do radiador, em dia. É necessário ainda verificar a presença e estado dos equipamentos de porte obrigatório, principalmente pneu estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e luzes do veículo.

Além disso, o condutor deve programar pausas para descanso, com paradas a cada três horas. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual os olhos se mantêm abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta, lembra a PRF. Esse estado vem acompanhado de sonolência, perda de reflexos e de força motora.

Procurar se informar sobre as condições do tempo no dia da viagem nos lugares por onde se vai passar também é importante, assim como dormir bem antes de assumir o volante. O sono e o cansaço são grandes inimigos de uma viagem segura. A PRF lembra que o uso do cinto de segurança é obrigatório para todos os ocupantes do veículo.

Aeroportos

A Infraero, informou que, neste carnaval, devem passar pelos aeroportos sob sua administração, 1,36 milhões de passageiros. A estimativa é válida para o período compreendido entre esta sexta-feira (21) e a próxima quinta-feira (27). O número é 3% superior ao do mesmo feriado do ano passado, entre 1º e 7 de março de 2019, quando foram contabilizados 1,32 milhão de viajantes.

O volume de operações também deve crescer: são esperados 11.556 pousos e decolagens, aumento de 4,45% ante as 11.064 aeronaves registradas no carnaval de 2019.

O RIO galeão – Aeroporto Internacional Tom Jobim deve receber cerca de 260 mil viajantes de hoje (21) até quinta-feira (27). Destes, 160.242 são passageiros domésticos e 99.125, internacionais. Os dias de pico serão esta sexta-feira, com expectativa de movimentação de 42,9 mil passageiros, e a Quarta-Feira de Cinzas (26), quando 42,8 mil passageiros devem passar pelo terminal aéreo.

O Aeroporto Santos Dumont, também no Rio, estima que 219,7 mil pessoas passem por lá neste feriado. O crescimento é de 42% em relação à movimentação no carnaval do ano passado, quando foram contabilizados 154.676 viajantes. O volume de operações também deve ser superior: são esperados 1.815 voos, ante os 1.413 comparados em 2019.

Em São Paulo, o Aeroporto de Congonhas deve movimentar cerca de 256 mil passageiros neste período, para o qual estão previstos 2.715 voos. Esta sexta-feira deve ser o dia de maior concentração de passageiros, com a passagem de cerca de 60 mil viajantes pelo terminal.

Pelo Aeroporto Internacional de Brasília, administrado pela Inframérica, deverão passar 246 mil pessoas, e estão previstos 1.705 pousos e decolagens no período de carnaval. Para atender à alta demanda, 37 voos extras foram incluídos na malha do feriado. As regiões Nordeste e Sudeste são as mais procuradas pelos que saem de Brasília. Hoje deve ser o dia de maior fluxo, entre os horários de 6h às 12h e de 18h às 22h. Na Quarta-feira de Cinzas, retorno do Carnaval, o pico de movimentação deve ocorrer a partir das 8h.

A concessionária Vinci Airports informou que o Aeroporto Internacional de Salvador opere com 2.407 voos neste feriado, 11% a mais que no carnaval de 2019. Destes, 2 296 são domésticos e 111 são internacionais. No total, mais de 380 mil assentos foram disponibilizados pelas companhias áreas para quem quer passar o carnaval em Salvador ou sair da cidade para aproveitar os festejos em outra cidade baiana. O número é 9% superior ao que foi ofertado.

Rodoviárias

O terminal rodoviário de Brasília estima recepcionar cerca de 50 mil passageiros de hoje até quarta-feira próxima. A previsão indica que cerca de 13 mil pessoas deixarão Brasília de ônibus nesta sexta-feira e no sábado. Para dar conta de toda a demanda, serão disponibilizados 49 ônibus extras, e caso haja necessidade, mais outros serão colocados.

Entre as cidades mais procuradas pelos que saem de Brasília estão Goiânia, Caldas Novas e Anápolis, em Goiás, São Paulo e Belo Horizonte.

Segundo a Rodoviária Novo Rio, mais de 520 mil passageiros devem passar por lá neste carnaval. Somente hoje são esperadas 67.900 pessoas – 39.400 embarcando e 28.500 chegando à capital fluminense. Serão disponibilizados 18 mil ônibus para atender à demanda rodoviária para o feriado.


Por Agência Brasil – Brasília. Foto: José Cruz/Agência Brasil

quinta-feira, 20 de fevereiro de 2020

COMBATE À GRILAGEM

Secretaria DF Legal faz operação próximo à Torre Digital

O local é de propriedade da Terracap e está destinado à implantação de um novo setor habitacional
 
A Secretaria DF Legal realizou, nesta quinta-feira (20), operação de desobstrução de área pública próxima à Torre Digital, localizada na DF 440 km 03 – Sobradinho/DF. O local é de propriedade da Terracap e está destinado à implantação de um novo setor habitacional.


Foram retiradas 10 edificações, 5.200 metros lineares de cercas de madeira e arame, desligado um ponto central de energia clandestino, aterradas tês cisternas e duas fossas sépticas. Os auditores do DF Legal lavraram, ainda, nove intimações demolitórias aos ocupantes de outras casas. Em breve, a Secretaria DF Legal deve voltar ao local para nova operação de desobstrução da área pública.


* Agência Brasilia /Com informações da Secretaria DF Legal - Fotos:Divulgação 

CLDF

deputados Distritais reagem a críticas feitas a Câmara Legislativa do DF 
Delmasso diz que Fascal busca zerar déficit acumulado ao longo dos anos e que a inclusão de ex-parlamentares visa a saúde do plano

O pronunciamento do deputado Agaciel Maia (PL), na sessão ordinária da CLDF desta quarta-feira (19), respondendo a mensagens que disse ter recebido por meio digital condenando o uso de verbas indenizatórias, incentivou diversos distritais a rebaterem críticas que vêm sendo dirigidas ao Legislativo local. Da tribuna, inicialmente, Agaciel observou que não faz uso desses recursos, mas considera “natural” que outros parlamentares o façam, já que há previsão legal.
“Recebi uma enxurrada de xingamentos sobre a utilização de gasolina e de plano de saúde. Mas, quero esclarecer que não uso verba indenizatória desde a primeira vez que fui eleito. Se fosse somar o total do qual abri mão, passaria de R$ 1,3 milhão”, calculou. Ele acrescentou que não utiliza cota postal e nem gráfica. “E nunca viajei com passagens e diárias da Casa”, observou.
Em aparte, o deputado Chico Vigilante (PT) ponderou que há uma campanha visando à desmoralização dos legislativos do Brasil. “Ninguém questiona, por exemplo, os gastos do Ministério Público ou dos tribunais”, afirmou, destacando declaração do ministro-chefe do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno, contra os congressistas: “Chegamos ao ponto de um general de pijama insultar o Congresso Nacional em meio ao processo de desacreditar o Poder Legislativo”.
Fascal – O deputado Delmasso (Republicanos), que presidia a sessão no momento do debate, referiu-se às críticas direcionadas ao Fundo de Assistência à Saúde da Câmara Legislativa (Fascal), plano de saúde dos servidores e deputados distritais. Ele explicou que a abertura para a entrada de ex-parlamentares deve-se à busca pelo equilíbrio financeiro. “Estamos procurando um novo grupo de filiados não para dar privilégios, porque não é de graça. Aliás, se houver interesse, eles vão contribuir com as maiores parcelas”, esclareceu. A ideia é que paguem uma mensalidade de R$ 750,00 e o mesmo valor a título de “contribuição de permanência”, totalizando R$ 1,5 mil. Além disso, terão de obedecer a um período de carência, definido por meio de cálculos atuariais.

A busca de um novo “grupo econômico”, segundo Delmasso, deve-se à necessidade de fazer frente a um déficit que chega a R$ 14 milhões. “Outra opção é aumentar linearmente os valores dos atuais filiados em 60% no próximo mês de abril”, comentou. O déficit, que veio se acumulando ao longo dos anos, tem vários motivos, um deles, conforme o deputado, é a inadimplência de ex-servidores comissionados que realizaram procedimentos médicos de alto custo. “Desde que assumimos, fechamos as torneiras. Antes não havia controle”, declarou, listando uma série de providências tomadas – redução das tabelas de pagamentos aos prestadores de serviço, moralização de processos internos, criação de um comitê de governança, entre outras – e que resultaram em um superávit de R$ 3 milhões, no ano passado, o primeiro na história do plano, que já foi utilizado para abater do déficit, que era maior.


População – Na sequência da discussão, o deputado Leandro Grass (Rede) acrescentou um outro ponto: “Quando a população questiona, pensa em sua própria realidade”. Para ele, que também não usa a verba indenizatória, “questionar privilégios, não significa colocar em xeque o Poder Legislativo”. Ele salientou que “há privilégios em todas os poderes e instâncias” e disse que foi um dos incentivadores do projeto de iniciativa popular que pede uma “Câmara mais barata”. Também criticou o atual modelo da verba indenizatória: “A prestação de contas é frágil, principalmente, no que diz respeito aos gastos com combustíveis”. Por fim, defendeu um “uso mais racional” desses recursos, com maior transparência.

Chico Vigilante (PT) pediu novamente a palavra para afirmar que “usa parte da verba”, sem nunca ter fraudado a prestação de contas. “É um recurso importante para deputados pobres, que não têm financiamentos por trás”, considerou. Na mesma linha, o deputado Fábio Felix (PSOL) argumentou: “A verba indenizatória deve ser vista como instrumento de autonomia do parlamentar. Mas isso não quer dizer que não possa ser cortada. Temos de manter um diálogo sério e sensato sobre a questão para chegar a um resultado que produza economia e impeça a falta de transparência”.
Na visão do deputado Prof. Reginaldo Veras (PDT), que abriu mão da verba em 2015, também devem acabar o cartão corporativo do presidente da república e a compra de lagostas pelo Supremo Tribunal Federal, por exemplo. “Não é um assunto apenas do Legislativo local, mas de todos os poderes. E o eleitor é quem tem de cobrar na eleição”, ponderou. Para Cláudio Abrantes, seu colega de partido, cada um tem uma maneira de conduzir o mandato: “Não uso a verba, mas não critico que dela faz uso”. O parlamentar notou que esses recursos foram reduzidos ao longo do tempo. “Existe previsão legal e é necessário fiscalizar. O que não cabe é a satanização do parlamento”, finalizou.
Por Marco Túlio Alencar – Fotos: Carlos Gandra/CLDF -Núcleo de Jornalismo – Câmara Legislativa

quarta-feira, 19 de fevereiro de 2020

EDUCAÇÃO INFANTIL

Cresce o número de matrículas na Educação Infantil do Distrito Federal
  
O ingresso de estudantes em creches e pré-escola aumentou 4% em 2019
 
 O número de crianças de zero a cinco anos matriculadas em escolas de Educação Infantil do Distrito Federal cresceu 4% em 2019 em relação a 2018, segundo dados do Censo Escolar realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). No ano passado, 104.814 estudantes conseguiram ingressar em creches ou escolas públicas e particulares de pré-escola enquanto o número de ingressos foi de 100.531 no ano anterior. 



Se analisadas as duas categorias, creches e pré-escolas, separadas, o aumento de 4% no número de matrículas é o mesmo para cada. Em 2019, as creches receberam 1.219 matrículas a mais do que em 2018. Na Pré-Escola, foram 3.064 novos alunos.



Segundo dados do Censo Escolar do DF, realizado pela Secretaria de Educação do DF, esse resultado positivo se deve principalmente ao aumento do número de vagas nas redes pública e privada conveniada com o GDF, que, em 2019, correspondeu a 62% do número total de matrículas na Educação Infantil, e apresentou crescimento de 5% em relação a 2018.



O Gerente de Pesquisas da Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan), Vinicius Shuabb, avalia que há um avanço da política pública de inserção escolar.



“Esses números permitem observar o comprometimento do GDF com a ampliação da oferta de vagas na rede de Educação Básica distrital, que tende a se ampliar ainda mais nos próximos anos com o lançamento de novos programas, como o Cartão Creche, que prevê a criação de novas 20.000 vagas em creche em dois anos. ”



Fundamental e Médio


Ao contrário da tendência de aumento no número de matrículas na educação infantil, o Ensino Fundamental, do 1º ao 9º ano, apresenta uma baixa no ingresso escolar entre 2018 e 2019. No ano passado, foram contabilizadas 374.927 contra 377.622 em 2018. A pesquisa revela que grande parte dos alunos que entram nos anos iniciais desta fase (55%) não chegam aos anos finais, quando 45% do total registram matrículas. Em 2019, 73% dos alunos do Ensino Fundamental estavam matriculados em escolas públicas.



Apesar dos bons índices nas séries iniciais, o Distrito Federal segue e tendência nacional quando se trata do Ensino Médio. Nesta fase, há uma drástica baixa no número de matrículas, segundo os dados.

As escolas públicas receberam 80.623 matrículas, 73% do total, enquanto as unidades privadas receberam 25.916 alunos. O ensino médio federal contou com 3.481 matrículas em 2019, 3% do total da rede de ensino do DF.



Educação Básica


A Educação Básica, que abrange a Educação Infantil e os Ensinos Fundamental e Médio, contabilizou 657.869 matrículas no Distrito Federal, sendo 69% registradas em unidades de ensino distritais; 30% em privadas; e 1% em federais.

A proporção de alunos do sexo feminino e masculino é equilibrada, 50% do sexo feminino e 50% do sexo masculino. No recorte de etnia, o estudo mostra que 39,7% dos alunos se declaram pretos ou pardos, 25,8% brancos; 0,4% amarelos; 0,1% indígenas e 33,9% não declarados.
  

Fonte:  Codeplan

ARTE NA PRAÇA III / Convite aos Sobradinhenses

Pra quem Tá Quente é a atração do sábado
Alan Bahia 
 Pra Quem tá Quente, pode não parecer, mas é uma banda, formada em 2009, que reúne músicos muito populares em Sobradinho. Todos apaixonados pela MPB.

Alain Bahia (voz e violão), André Tourinho (bateria), Rodrigo Stélio (voz e violão), Sérgio Paes (baixo e voz), Luciano Bispo (bateria), Paulo Vale (guitarra) e Marcel Melo (percussão e voz) são os sete cavaleiros que viajam por um universo muito pessoal, enriquecido pela fusão da experiência musical de cada um.

Esse universo individual e coletivo de convivência com a MPB levou os sete cavaleiros a produzir um som autoral com letras originais, que aborda temas do cotidiano, com  swing bem brasileiro.

O resultado é uma explosão de alegria e espontaneidade, que contagia as plateias e agrada os aficionados na cultura brasileira.

A banda Pra Quem Tá Quente participou, em 2010, do documentário Brasília Outros 50 – Candangas Tradições, patrocinado pelo Ministério da Cultura. Em 2014, gravou o CD, A Hora é Essa, patrocinado pelo Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC).

No sábado, 16 de setembro de 2017, o grupo apresentou-se na primeira edição do Projeto Arte na Praça e foi muito elogiado pelo talento dos músicos e pela originalidade do repertório autoral.
Alain Bahia ( foto) , um dos fundadores da banda e um dos músicos mais conhecidos de Sobradinho, revela que um dos valores do grupo é a união de amigos que veem na música uma forma de trazer beleza e prazer às pessoas.
Bahia entende que o Projeto Arte na Praça veio ocupar uma lacuna na arte e no lazer de Sobradinho, cuja população sempre primou pela convivência comunitária e se ressentia de um local seguro para recuperar seu sentimento de amizade e o gosto pela própria arte.
A banda Pra Quem Tá Quente apresenta-se, neste sábado, 22 de fevereiro, a partir das 20h30, na Praça das Artes, na Quadra 8 de Sobradinho, como a 11ª atração artística de qualidade que o Projeto ARTE NA PRAÇA III oferece à comunidade.

Aproveite, também, as oficinas gratuitas de dança, artesanato, pintura em tecido, feira de artesanato, praça de alimentação e outras atrações musicais.
Venham. Vamos fazer a festa. Com paz respeito!

Alain Bahia,  um dos fundadores da banda Pra Quem Tá Quente

Por José Edmar Gomes/FS

segunda-feira, 17 de fevereiro de 2020

EDUCAÇÃO / TRÂNSITO / REGIÃO NORTE DO DF

Volta às aulas tem dicas sobre trânsito seguro

 O Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER-DF), por meio da Escola Vivencial de Trânsito – Transitolândia está promovendo uma série de ações na Campanha Volta às Aulas 2020.

A visita às instituições de ensino teve início no dia 03 de fevereiro nas escolas particulares. Durante cinco dias, um total de seis mil pessoas foram abordadas nas ações. Deste total, 2.800 crianças receberam noções sobre trânsito seguro.

Nas escolas públicas a visitação começa nesta segunda-feira (17) e vai até a próxima sexta-feira (22), nos períodos matutino e vespertino. A previsão é de que três mil alunos recebam orientações sobre o trânsito. A expectativa é de que, no total, sete mil pessoas da comunidade escolar da rede pública, entre alunos e pais, sejam atendidas.

O objetivo da campanha Volta às Aulas é levar à comunidade escolar informações voltadas para a educação e conscientização de um trânsito seguro, aprendendo a reconhecer, interpretar e obedecer à sinalização, despertando no público alvo paciência, responsabilidade e senso de cidadania. A ação visa ainda orientar sobre as regras de circulação que envolve fatores de segurança, normas básicas de transporte e acessibilidade, contidas no Código de Trânsito Brasileiro (CTB).

Para a diretora de educação de Transito do DER-DF, Jucianne Nogueira, a campanha Volta às Aulas é uma ação educativa que torna as crianças multiplicadoras do bom comportamento no trânsito.

“Sabemos que o que esses meninos e meninas aprendem conosco, é ensinado para suas famílias e amigos e isso nos deixa muito contentes e com a sensação de dever cumprido”, comemorou.

Durante as ações, os agentes de trânsito do DER/DF fazem apresentações de teatro e fantoches para chamar atenção da comunidade escolar. Também são distribuídos materiais educativos sobre deslocamento seguro, embarque e desembarque em locais apropriados, além do respeito às sinalizações e normas previstas na legislação.


Fonte: Bartô Granja, Edição Notibras

SAÚDE / DENGUE / UPA

UPAs de Sobradinho e Ceilândia recebem tendas de combate à dengue
Estruturas começam funcionar a partir de hoje nas duas regiões que registraram o maior número de incidência dos casos no DF 
 Unidades de Pronto Atendimento de Sobradinho recebeu estrutura especial para atendimento de pacientes com suspeita de dengue(foto: Davidyson Damasceno/Iges/Divulgação)

As Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Ceilândia e de Sobradinho receberam estruturas especiais para o atendimento de pacientes com suspeita de dengue. As tendas foram montadas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF). O Distrito Federal registrou 1.435 casos de dengue, até janeiro deste ano. O número representa cerca de 80% a mais referente ao mesmo período do ano passado.


“No ano passado, tivemos uma crise enorme da doença. O Corpo de Bombeiros precisou armar às pressas, as tendas na porta das UPAs. Frente aos possíveis casos, vamos equipar as seis UPAs, de responsabilidade do Iges e o Hospital de Santa Maria, com essas estruturas especiais”, explicou o diretor-presidente do Iges, Francisco Araújo.

 
Tendas montadas pelo Instituto de Gestão Estratégica de Saúde do Distrito Federal (Iges-DF) têm o objetivo de atender pacientes com suspeita de dengue(foto: Davidyson Damasceno/Iges/Divulgação)
  
As primeiras regiões a receberem a estrutura foram escolhidas com base no mapa de reincidência da doença no DF. Outras quatro estruturas serão montadas, em breve, no Hospital Regional de Santa Maria (HRSM), nas UPAs do Núcleo Bandeirante, Recantos das EmasSamambaia e São Sebastião. O atendimento será das 7h às 19h.

A estrutura vai contar com sala de triagem, consultório médico, 10 leitos de hidratação venosa e sistema de ar-condicionado. No espaço, os pacientes poderão receber diagnóstico clínico, fazer teste rápido, laboratorial e realizar tratamento com hidratação venosa. A equipe é composta por quatro médicos, seis técnicos de enfermagem, três enfermeiros, três técnicos e três analistas de laboratório, além de auxiliares de atendimento e limpeza.

Em 2019, as tendas foram uma das alternativas adotadas pelo governo para combater a doença. A balconista Fabiane Caje, 23 anos, foi uma das brasilienses que foi vítima dos virus no ínicio do ano passado. "Eu achava que era gripe, mas fui piorando. Sentia muita dor no corpo, na cabeça, atrás dos olhos e muita febre. Procurei o Hran e eles desconfiaram que era Dengue, então acabei indo para o Hospital de Base, pois nessa época eles ainda estavam atendendo esses casos", comenta.



Fonte:  Juliana Andrade - Correio Braziliense

CASO de POLICIA

Após denúncia, adolescente é apreendido por receptação de moto em Sobradinho II

    Um adolescente foi aprendido ato infracional análogo ao crime de receptação de veículo, por volta das 17h do dia (14/2), na AR 19, conjunto 11, em Sobradinho II/DF
    Policiais militares do Patamo durante patrulhamento em Sobradinho II receberam informação via Copom (190) sobre uma motocicleta possivelmente produto de roubo.
    A equipe deslocou-se ao endereço e visualizou no interior da residência uma motocicleta suspeita.
    Realizado consulta da placa no sistema Gênesis PMDF, constatou-se que o veículo apresentava restrição para roubo ou furto.
    Em frente à residência, encontrava-se o proprietário da residência com o seu filho, que rapidamente ingressou na casa vizinha, durante a entrevista ao proprietário.
    Logo em seguida, o filho retornou e apresentou um menor de idade, indicado como o proprietário da motocicleta.
    O adolescente confirmou a versão, informando que havia comprado a motocicleta por R$ 300,00.
    A equipe deslocou-se à DCA I para registro dos fatos e providências cabíveis.
    Grifo 02 de Patamo Bravo. Apoio Gtop 33 Afa e Bravo.

    Fonte: Wallace Ximenes/PMDF - Foto Divulgação

    sábado, 15 de fevereiro de 2020

    ARTE & CULTURA / TORRE DIGITAL de BRASÍLIA

    Arte no CAT inicia programação na Torre Digital


    Projeto levou artesanato, feira de orgânicos e flores, adoção de animais, música e aula show de gastronomia

     

    O sábado foi animado para quem compareceu a Feira no CAT - 1ª Feira Flor do Cerrado. O evento faz parte da programação do projeto “Arte no CAT”, realizado pela Secretaria de Turismo, e levou para a Torre Digital uma produção de orgânicos e flores, feira de adoção de animais, e aula show com produtos do cerrado ministrada pelo ex-participante do Masterchef, Vinícius Rossignoli. O Ceasa também marcou presença e desenhou a Bandeira Nacional com flores e folhas.

     

    O projeto “Arte no CAT” vai levar para o Centros de Atendimento ao Turista apresentações de dança, música, receberão exposições de fotografia, pintura, arte popular, poesia, saraus de literatura e feira de artesanato. O evento vai ter uma agenda toda penúltima semana de cada mês e receberá artistas e produtores da cidade até o final do ano, compondo as comemorações de 60 anos de Brasília.

     

    Para a secretária de Turismo, Vanessa Mendonça, as ações iniciadas no governo de Ibaneis Rocha, como o “Caminhos do Planalto”, voltaram a movimentar a região. O projeto mapeou 400 quilômetros de trilhas no Distrito Federal. “A Torre Digital foi inaugurada em 2012. Quando assumimos ela estava fechada. Então, começamos uma série de ações e entendemos que precisávamos dar vida a esse cartão postal, desenhado pelo Oscar Niemeyer”, disse durante a abertura do evento.

     

    A Emater-DF levou uma rica e diversificada produção de orgânicos, de flores naturais e demais itens de origem rural das regiões da Serrinha do Paranoá, Rota do Cavalo, Lago Oeste e Circuito Rajadinha. “Essa é uma oportunidade de trazer os produtores rurais. O espaço disponibilizado é incrível e permite que os produtores possam vender diretamente para a população. A agricultura e o turismo precisam andar juntos”.

     
     Também estiveram presentes na abertura Márcio Bittencourt, do grupo de montain bike Rebas do Cerrado, e Richard Dubois, diretor-presidente da Arena BSB, que irá assumir a administração da Torre Digital. “Além da operação do Estádio Nacional, acreditamos no potencial turístico da cidade. A operação da Torre Digital também será da nossa concessionária e ficamos feliz em ver o ambiente vivo e pulsante”, explicou Dubois.



    Luciane Rodrigues, agricultura credenciada pela Emater, esteve no local com plantas nativas do cerrado, ornamentais, medicinais e aromáticas da chácara que vive, em Planaltina. “Feiras como essa, voltada para a agricultara familiar, é um suporte indispensável. O pequeno produtor precisa de pontos de comercialização. Esse apoio é fundamental”.



    Rosi de Almeida e Jaleri Pereira, do Núcleo Rural do Pipiripau, levaram a produção de pães caseiros de fermento natural, bolo, queijo, banha de porco, açafrão, entre outros produtos. “Temos um grupo de mulheres que tem uma produção grande. Essa iniciativa colabora com a independência feminina que buscamos”, explicou Rosi.



    O anel externo da Flor do Cerrado ainda recebeu uma feira de artesanato com 20 artesãos da cidade. Veronica Brilhante expôs o trabalho que faz com flores do cerrado. “Por ser um ponto turístico, a Torre Digital é um cartão de referência para nós, e estar aqui nos dá a oportunidade de expandir as nossas vendas e trazer o nosso trabalho. Para quem vive do artesanato, é muito importante”, disse.



    O ex-participante do Masterchef, Vinícius Rossignoli, ainda deu uma aula show com produtos do cerrado. “Nosso objetivo é mostrar que temos um dos mais ricos biomas do mundo, que tem mais de 1.000 espécies comestíveis. O mundo pode conhecer Brasília por meio da gastronomia”.



    Para completar, o projeto Acalanto promoveu a adoção de cães e gatos com pets que procuram um novo lar. Renata Amaral e Alexandre Valadão souberam do evento, foram em busca de um cachorro e adotaram um filhote que já foi embora no colo de Renata. “A feira está linda, deveria ter sempre”, falaram.



    Agenda do Arte no CAT:

    21/02 - Rodoviária: Projeto arte Popular, com apresentação musical

    29/02 – Casa de Chá: Projeto arte Popular, com apresentação musical



    Fonte: Secretaria de Turismo do Distrito Federal

    quinta-feira, 13 de fevereiro de 2020

    ESPORTE EM SOBRADINHO / VEM AÍ...



    Assista:  www.vtrlivesport.com

    Torre de TV Digital / Convite aos Sobradinhenses

    1ª FLOR DO CERRADO - FEIRA NO CAT

    A Secretaria de Turismo do GDF convida para a 1ª Flor do Cerrado - Feira no CAT na Torre de TV Digital, neste sábado dia 15/Fevereiro das 09h às 16h.

    Venha comemorar e prestigiar conosco toda a nossa produção local de artesanato, orgânicos, flores e muito mais!
     
    Atividades:

    Feira de produtos orgânicos;
    Feira de artesanato produzido no DF;
    Feira de adoção de cães e gatos;
    Feira de flores, plantas ornamentais e de corte;
    Apresentação de música sertaneja;
    Oficina gastronômica com produtos do cerrado com o chef Vinicius Rossignoli.

    Participe e traga a família!

    Sábado, dia 15 de Fevereiro de 2020 das 09h às 16h na Torre de TV Digital.

    quarta-feira, 12 de fevereiro de 2020

    FERCAL/DF - CURSO GRATUITO

     ELA PODE 

    O ELA PODE é curso totalmente gratuito, que tem como objetivo capacitar mulheres para conquistarem um emprego ou abrirem seu negócio próprio. O curso é realizado em todo o Brasil pelo Instituto Rede Mulher Empreendedora, com o apoio do Google.

    Confira o que você aprende no Programa ELA PODE:
    Como melhorar sua relação com o dinheiro?
    Como liderar sua vida e seu negócio?
    Como vender seu peixe?
    Como entrar no meio digital?
    Como criar uma rede de relacionamentos que vai te ajudar a vender mais ou chegar naquela vaga?
    Como me apresento melhor?
     
    ELA PODE Fercal (DF)

    Data: 13 de fevereiro
    Horário: 8h30 às 17h30
    Local: CENTRO COMUNITÁRIO DA FERCAL
    PRAÇA DO 18, QUADRA 10 -  ENGENHO VELHO - FERCAL-DF.
    Dúvidas: 98336-8731


    Tags:

    @secmulherdf
    @fercaloficial 
    @fernandomadeira26
    #ÉTEMPODEAÇÃO
    #VAMOSJUNTOS
    #ibaneisrocha
    @ibaneisoficial
    @paco.britto

    Clique no link:
    https://forms.gle/WXtVtPoJ44Boxf1r7