Pesquise neste blog

terça-feira, 16 de junho de 2015

COLUNA TEXTOS & TEXTOS

Escuro
 
(*) Geraldo Lima

Deus criou um universo medonho àquela hora da noite. Ao redor, a vegetação semicerrada criando um obstáculo natural e sinistro. Moitas amoitavam-se grávidas de um perigo mortal. Ilhas de escuridão gestavam fantasmas absurdos: mãos esquálidas estendiam-se para me agarrar e me jogar num abismo de onde eu nunca mais sairia. 
Meu corpo estava gelado. O medo trincava meus ossos.  O cricrilar dum grilo, o voo dum morcego, o piar dum pássaro noturno, tudo crescia em horror e pânico. Mas não havia como recuar. O roteiro já estava traçado: às cegas, eu tinha que avançar, cruzar aquele trecho de purgação e mistério, até me reencontrar outro numa clareira qualquer.

(*) Geraldo Lima é professor, escritor, dramaturgo, roteirista e colabora com o Jornal de Sobradinho.


Nenhum comentário: