Pesquise neste blog

segunda-feira, 6 de julho de 2015

COLUNA TEXTOS & TEXTOS por Geraldo Lima





PANORAMA

* Geraldo Lima


Tempo estranho este em que vivemos. Em que tentamos viver com dignidade e esperança. Tempo de dissensões. De fragmentação do corpo social. De fronteiras ideológicas, religiosas e morais separando concidadãos. De ódio explícito num espaço em que deveria prosperar o amor e a harmonia. Nenhuma força digna de ser celebrada com júbilo brota daí, dessa terra devastada pela incompreensão e pela intolerância. A travessia até o outro tornando-se cada vez mais impossível. A crença e a descrença. O embate entre a necessidade de ser, de existir, de pertencer e a cegueira de não se enxergar no semelhante uma possibilidade de convivência pacífica. Bandeiras da ira tremulam sobre nossas cabeças. O cenário é este: um país sem caminhos por onde se possa transitar em segurança. O que se busca, no entanto? Veredas do amor e não do ódio. A esperança, a redenção. A ética permeando todos os nossos atos. O sonho para além do pesadelo cotidiano. A alegria de existir. A utopia, o sol mais intenso aquecendo nossa alma, pois, como disse o poeta russo Vladímir Maiakóvski, “é preciso arrancar alegria ao futuro”.


* Geraldo Lima é professor, escritor, dramaturgo, roteirista e colabora com o Jornal de Sobradinho.

Nenhum comentário: