Pesquise neste blog

sábado, 29 de agosto de 2015

CIDADE: Programa para incluir a juventude no mercado de trabalho é prorrogado



Governador participou da solenidade de renovação do projeto que passou a se chamar Brasília + Jovem Candango


(*)  Ádamo Araujo

Programa para incluir a juventude no mercado de trabalho é prorrogado

Um aporte R$ 11,2 milhões do Fundo dos Direitos da Criança e do Adolescente do Distrito Federal vai garantir até o fim de 2015 a continuidade do Jovem Candango, que a partir de hoje passa a se chamar Brasília + Jovem Candango. Na manhã deste sábado (29), cerca de 3 mil pessoas, segundo a Polícia Militar, assistiram à solenidade de renovação do programa. O evento ocorreu na Quadra 12 de Sobradinho, Área Especial nº 3, na Obras Sociais Jerônimo Candinho, uma das entidades parceiras da iniciativa.

A cerimônia contou com a presença do governador Rodrigo Rollemberg e da esposa, Márcia Rollemberg, colaboradora do governo de Brasília. Um termo aditivo que prorroga o programa por mais um ano foi assinado pelo chefe do Executivo e pelos secretários de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas; do Esporte e Lazer, Leila Barros; de Gestão Administrativa e Desburocratização, Alexandre Lopes; de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude, Jane Klebia Reis; e do Trabalho e Empreendedorismo, Thiago Jarjour.

"Estender essa iniciativa é uma maneira de colaborar com a formação da nossa juventude", afirmou o governador. Por falta de verba, o projeto que qualifica adolescentes para o primeiro emprego estava ameaçado de ser suspenso nessa sexta-feira (28), quando venceu o contrato do governo local com as duas entidades que gerenciam o encaminhamento a vagas de trabalho em instituições públicas do Executivo local. "É uma oportunidade para aprender e iniciar uma carreira", disse a participante Érika Mesquita, de 17 anos.

Também estiveram no evento os administradores regionais de Sobradinho, Divino Sales, e de Planaltina, Vicente Salgueiro; a presidente da Câmara Legislativa, deputada Celina Leão (PDT); e os deputados distritais Julio César (PRB), líder do governo, Raimundo Ribeiro (PSDB) e Agaciel Maia (PTC); e representantes das instituições parceiras.

Nova administração

O repasse foi aprovado pelo Conselho dos Direitos da Criança e do Adolescente, na terça-feira (25). Sem o dinheiro do fundo, os cerca de 2,3 mil jovens de 14 a 18 anos em situação de vulnerabilidade social atendidos ficariam prejudicados. Administrado pela Secretaria de Gestão Administrativa e Desburocratização, o Brasília + Jovem Candango será transferido, via decreto, à Secretaria de Políticas para Crianças, Adolescentes e Juventude.

Em 2016, os recursos virão do orçamento da pasta, que passará a destinar, das 3 mil vagas, pelo menos mil a adolescentes que cumprem medida socioeducativa em liberdade assistida. O programa foi pensado para jovens dessa faixa etária de famílias com renda per capita de meio salário mínimo e que estão matriculados na rede pública de ensino. Além de ser preparados para o mercado de trabalho, os integrantes recebem uma bolsa-auxílio de R$ 525,33, vale-refeição de R$ 220 e vale-transporte de R$ 150 (este pode variar conforme o local de moradia).

Jornada de trabalho

O programa é executado por duas instituições com larga experiência na promoção de projetos assistenciais destinados a jovens de famílias mais carentes: a Obras Sociais Jerônimo Candinho e a Rede Nacional de Aprendizagem, Promoção e Integração. O aprendiz cumpre jornada de quatro horas por dia na organização pública a que foi encaminhado e, além da bolsa-auxílio, tem direito a férias, Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e décimo terceiro salário.

Os beneficiários podem prestar serviço às secretarias de Estado, à Procuradoria-Geral do DF, às administrações regionais e a órgãos e autarquias, como a Defensoria Pública do DF, o Departamento de Estradas de Rodagem, o Instituto Brasília Ambiental, o Instituto de Previdência dos Servidores do Distrito Federal, a Polícia Civil e o Transporte Urbano do DF (DFTrans).





(*) Fonte: Ádamo Araujo e Saulo Araújo/Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

Nenhum comentário: