Pesquise neste blog

segunda-feira, 7 de dezembro de 2015

Pátio da 13ª DP que guarda automóveis apreendidos existe há 12 anos e acumula 65 veículos



Um dos veículos mais antigos, um Escort, está no local há uma década

(*) Higor Sousa/JS
Do total de veículos há 40 carros e 25 motocicletas - Foto: Higor Sousa/JS

Localizado na quadra central da região, na parte de trás da 13ª DP (Delegacia de Polícia), o pátio que guarda automóveis apreendidos existe há 12 anos e acumula 65 veículos parados, sendo 40 carros e 25 motos. O mais antigo deles é um Escort, que foi furtado em 2005 na Asa Sul e encontrado no mesmo ano pela região de Sobradinho.

Segundo explicou o delegado-chefe, André Victor do Espírito Santo, ainda não há previsão de quando o carro deve sair do pátio da 13ª DP. “A delegacia responsável por investigar algo é a que fica na região onde o crime aconteceu. Nesse caso do Escort, é a da Asa Sul. Mas como o carro foi localizado por aqui, ele foi trazido para o nosso pátio. Mas logo esse problema será resolvido”.

Conforme explicou o delegado, a maioria dos veículos apreendidos é restituída quase que imediato. É instaurado um inquérito e eles passam por uma perícia. Só então eles podem ir para o depósito, que fica na própria região de Sobradinho. “Quando há casos que requeiram perícias mais detalhadas é que os veículos demoram mais um tempo para sair daqui”. O objetivo da unidade é diminuir de 65 para 30 o número de veículos apreendidos que estão no pátio da delegacia até março de 2016. “Depois tentaremos zerar esse número. Queremos que esse espaço tenha outra destinação”, acrescentou André Victor do Espírito Santo.

Mas nem sempre aquele local serviu de pátio à 13ª Delegacia de Polícia. Anteriormente, o pátio era um espaço em que existia uma quadra esportiva. Com o tempo, diante da necessidade de um ambiente para guarda de bens, o campo esportivo foi o lugar escolhido. “Os veículos estavam se acumulando no estacionamento da delegacia, que hoje é usado por servidores ou até pela comunidade. Na época, estávamos sem estacionamento para veículos”. Questionado se já houve furto de veículos apreendidos no local, o delegado garantiu que sim. “Em razão disso, reforçamos a estrutura. Agora, se alguém quiser cometer crime aqui, vai ter trabalho”.

Para prevenir contra a dengue, a delegacia aciona órgãos de combate à doença - Foto: Higor Sousa/JS

Dengue

E nessa época de chuva, a preocupação da população é em relação ao mosquito da dengue. Como declarou a moradora da quadra 2 Marlene Pereira Santos, de 35 anos. “Não sei se eles fazem alguma fiscalização para que não haja foco do mosquito. Mas isso preocupa muita gente. Principalmente nós dessa quadra, que moramos bem perto”.


Porém, de acordo com o delegado-chefe, não há motivos para preocupação, pois, para prevenir contra a doença, ele aciona os órgãos competentes todos os anos para fazer um controle. “A gente solicita os serviços que são realizados principalmente nessa época de chuva. Só neste ano já vieram duas vezes para tratar desta questão de borrifar, usar fumacê, ou seja, realizar o trabalho deles”.

(*) Por Higor Sousa/JS - Exclusivo para o Jornal de Sobradinho - Edição nº 290 de Dezembro de 2015 

Nenhum comentário: