Pesquise neste blog

Carregando...

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

REGULARIZAÇÃO: Moradores do condomínio Vivendas Friburgo recebem escrituras


Aproximadamente 800 pessoas foram beneficiadas em 234 lotes

Os primeiros moradores do condomínio Vivendas Friburgo, localizado no Grande Colorado, receberam dia (25) as escrituras dos seus imóveis. São 234 lotes localizados no Setor Habitacional, em Sobradinho, e beneficiarão aproximadamente 800 pessoas que moram na região.

O morador do condomínio Francisco Domingos da Silva comemorou. "Não dá pra calcular a importância deste momento. Moro aqui há 17 anos e sempre busquei esse objetivo. Gastamos dinheiro para fazer os projetos, apresentamos, houve modificações, atualizamos e hoje a felicidade é grande, por que a nossa luta para chegar até aqui foi grande."

Ainda está prevista no Termo de Compromisso firmado entre GDF e a Urbanizadora Paranoazinho S/A (UPSA) a sequência da regularização dos demais parcelamentos do Setor Habitacional Grande Colorado, cuja população total é aproximadamente 8 mil pessoas.

MARCO - "A regularização do Grande Colorado é um marco para o Distrito Federal", afirmou a secretária de Regularização de Condomínios, Lene Santiago. A secretaria desenvolveu uma inédita metodologia de regularização, que poderá servir de modelo para inúmeras áreas do Distrito Federal e contribuir para a recuperação do ordenamento urbano e para a reinserção legal da nossa capital.

O Termo de Compromisso que viabilizou a regularização do Grande Colorado, fruto de ampla discussão com o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, visou dar mais garantias ao Distrito Federal quanto ao cumprimento das obrigações do particular para o atendimento da legislação urbanística e ambiental, propiciando o registro em cartório com celeridade. "A regularização do Grande Colorado é um marco para o Distrito Federal", afirmou Lene Santiago.


Fonte: Secretaria de Condomínios/ Foto: Tony Winston/Arquivo

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

SÓ MAIS UM DIA.



E se você ficasse apenas por mais um dia,
Eu e você apenas,
Em um único sonho juntos,
Eu e você,
Despidos de medos e preconceitos,
Um tantinho de mim,
Preso a cada momento teu em minha vida,
Eu sinto que sempre irei te amar,
Não importa o caminho que nossas vidas sigam,
Quero que fique apenas por mais um dia,
Que o doce de nossa historia não se confunda com o amargo de nossas vidas,
Eu sempre estarei contigo,
E sempre estará comigo,
Presa a minhas poesias,
Em cada verso,
Em cada rima,
E sempre que chorar estarei a querer teu coloco a me acalentar,
Quero que fique por mais um dia,
Que sinta quanto ainda te amo,
Ainda que espere que volte,
Que ainda acredite nesse momento,
Por essa vida,
Por nossa historia,
Acima de tudo não carrego no peito apenas desejos,
Eu carrego comigo um grande e verdadeiro amor,
Por mais um dia,
Quero apenas dizer que te amo.  

Por Daniel Atta, Advogado, Escritor,  Poeta e colaborador do Jornal de Sobradinho

Senac oferece 2.101 vagas em 49 cursos gratuitos



O Senac-DF está com inscrições abertas até 15 de dezembro para 2.101 vagas em cursos técnicos e de formação inicial e continuada do Programa Senac de Gratuidade (PSG). O ingresso nos cursos será por ordem de inscrição do candidato, que deve ser feita de forma presencial, nos Centros de Educação Profissional do Senac-DF, onde o curso será realizado. As inscrições poderão ser efetuadas em todas as unidades, de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h15, e aos fins de semana somente nas unidades do Setor Comercial Sul (Jessé Freire), 903 Sul, Gama e Taguatinga – aos sábados das 9h às 15h15 e domingos das 8h às 14h15, exceto recessos e feriados.

O PSG é mais uma ação da instituição para promover a inclusão social. Resultado de um acordo feito entre o Senac e o Governo Federal, o programa é voltado para jovens de baixa renda que buscam o seu primeiro trabalho com carteira assinada; pessoas que já atuam na esfera produtiva e desejam se requalificar para crescer profissionalmente; e demais brasileiros que necessitam gerar renda para abrir o próprio negócio ou atuar no mercado informal.

No Distrito Federal, para participar, é necessário atender aos requisitos de acesso do curso escolhido, estar matriculado ou ser egresso da Educação Básica (Ensino Fundamental ou Ensino Médio) e ser trabalhador desempregado ou empregado. No ato da inscrição, os interessados devem levar os seguintes documentos: autodeclaração de baixa renda (emitida pelo Senac-DF após inscrição no sistema), documento oficial com foto e o CPF, comprovante da escolaridade exigida para o curso, e comprovante de que está trabalhando ou está desempregado

Os cursos oferecidos são: Administração de Serviços Hospitalares, Agente de Alimentação Escolar, Atendente de Lanchonete, AutoCAD 2D, Auxiliar Administrativo, Auxiliar de Faturamento, Auxiliar de Operações em Logística, Auxiliar de Pessoal, Auxiliar de Recursos Humanos, Cabeleireiro, Camareira em Meios de Hospedagem, Confeiteiro, Corte e Escova-Tendências Atuais, Costureiro, Cozinheiro, Cuidados na Manipulação e Administração de Drogas Antineoplásicas, Depilador, Design de Sobrancelhas, Editor Gráfico, Espanhol Básico, Excel Avançado, Faturamento Médico Hospitalar, Garçom, Inglês Básico, Lactarista, Lógica de Programação, Manicure e Pedicure, Montador e Reparador de Computadores, Operador de Caixa, Operador de Computador, Organizador de Eventos, Padeiro, Pizzaiolo, Qualidade e Eficácia na Coleta de Sangue Venoso e Capilar, Recepção em Serviços de Saúde, Recepcionista, Recepcionista de Eventos, Recepcionista em Meios de Hospedagem, Recepcionista em Serviços de Saúde, Salgadeiro, Sushiman, Técnicas Avançadas em Química Capilar, Técnico em Análises Clínicas, Técnico em Enfermagem, Técnico em Guia de Turismo, Técnico em Informática, Técnico em Logística, Técnico em Secretariado e Técnico em Segurança do Trabalho.

Mais informações podem ser obtidas pelo endereço eletrônico:  

http://www.senacdf.com.br/,  em uma das unidades do Senac-DF: 903 Sul, Ceilândia, Gama, Jessé Freire, Sobradinho, Taguatinga e Tecnologia do Turismo e Hospitalidade – ou pelo Tele Senac: 3313-8877.


ESPORTE: FUTSAL DE BASE

Bom dia ,

Informo que no próximo dia 27/11 (Quinta-feira) às 19h30 no Ginásio de Esportes de Sobradinho.

- Categorias:

- Sub. 05.
- Sub. 07.
- Sub. 09.
- Sub. 11.
- Sub. 13.



--- Informações e Inscrições: 9558.1063 ou 8632.4358 (Alex Victor) ---

UTILIDADE PÚBLICA : PERDA DE DOCUMENTOS


Olá, bom dia.

Meu nome é Marta Ruiz, sou advogada em Londrina - PR e solicito a ajuda desse jornal para divulgar a perda dos documentos pessoais do Sr. SIDNEY BARBOSA que está temporariamente nesta cidade na CASA DE APOIO - CEICON, devido a tratamento no Incor de Brasília para transplante de Fígado.

O Sr. Sidney perdeu sua carteira com RG, cartão SUS, Carteira de reservista, entre outros documentos no percurso do ônibus da Rodoviária de Brasília para Sobradinho e necessita dos mesmos para dar continuidade ao seu tratamento, tendo em vista que precisa apresentar o RG e cartão do SUS para realizar vários exames médicos.

Telefone para contato: 61-3487-6181 (casa de Apoio) e 61-9949-3935 (Sidney).

Se puderem divulgar, agradeço muito.

Por Marta Ruiz 

terça-feira, 25 de novembro de 2014

CLDF: Wasny descarta votar projeto que restringe cassação




Deputado Wasny de Roure

Presidente da Câmara admitiu ‘erro’ ao pautar tema em troca de outros projetos. Líderes de partidos decidiram que textos estão fora da pauta até dezembro.


Mateus Rodrigues, do G1 DF – O presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Wasny de Roure (PT), afirmou nesta terça-feira (25) que os projetos de resolução que restringem as possibilidades de cassação de parlamentares por improbidade administrativa não serão votados até o fim do ano. O anúncio foi feito após reunião com líderes partidários, no início da tarde.

“O arquivamento de proposições desta natureza tem que acontecer através da retirada, por parte de quem propôs. Caso contrário, nós teremos que tratar na segunda legislatura, para que aí ela seja arquivada”, afirmou Wasny, com base no regimento interno da Câmara.

“Há um apelo na sociedade, contrário à questão do trânsito em julgado, da proposição 81. A proposição 82 nem chegou a ser votada”, afirmou. Os textos foram lidos em plenário no dia 12 de novembro, e uma das propostas chegou a ser aprovada em primeiro turno no mesmo dia, contrariando a tramitação usual na Casa.

O presidente da Câmara diz admitir que errou ao colocar a matéria em votação, em troca da viabilidade de outros projetos que seriam “fundamentais” para auxiliar no encerramento do governo de Agnelo Queiroz. “Tanto é verdade, que só assinei os projetos no último momento. Mas assumo o erro de ter permitido a inclusão na ordem do dia e por ter assinado a matéria”.

Um dos projetos de resolução impede que os parlamentares tenham o mandato cassado por improbidade administrativa antes que haja condenação judicial definitiva, sem possibilidade de recursos. Na Justiça, os processos podem se estender por até 10 anos, prazo bem maior que os quatro anos de mandato. O texto já foi votado em primeiro turno.

A outra proposta impede que cidadãos comuns apresentem “representações, denúncias ou notícias de infração ao Código de Ética e Decoro Parlamentar”. Com a aprovação, apenas a Corregedoria da Câmara, os partidos e os próprios parlamentares poderiam abrir os processos. O texto foi lido, mas não chegou a ser votado.

EM CORO

Na sessão ordinária desta terça (25), os deputados fizeram coro ao anúncio do presidente. “Não vamos votar nem nessa nem na próxima legislatura. Agora, dizer que vai retirar assinatura não existe. Todo mundo sabe quem assinou, ninguém pode falar que não leu”, afirmou em plenário o líder do PT, Chico Vigilante, após a reunião.

Israel Batista (PV) classificou o tema como um “debate incompreendido”. “A sociedade não aceita que este debate seja trazido à Casa, da forma como foi trazido”, declarou o deputado, que diz ter recebido franca oposição de eleitores nas redes sociais por ter assinado a proposição.

Na contramão dos demais colegas, a deputada Eliana Pedrosa (PPS) defendeu os dois projetos. “Me parece um absurdo tanta polêmica sem uma leitura mais acurada dos textos. A cassação de um parlamentar por qualquer outro motivo pode continuar tramitando e chegar ao termo final. A outra resolução só exige o endereço do denunciante para abertura de processos. A Câmara Legislativa está sendo demonizada”, afirmou.

Pelo regimento interno, projetos que já foram apresentados em plenário não podem ser retirados de pauta durante a mesma legislatura, a não ser por iniciativa de quem propôs o texto.

A partir da substituição dos mandatos, abre-se um prazo de dois meses para que o processo seja trazido de volta por um parlamentar. Após este prazo, é necessária a assinatura de dois terços da Câmara (16 deputados) para o projeto voltar à pauta. Neste caso, o texto volta a ser discutido em primeiro turno.

SEGURANÇA: Morador é baleado na frente da creche do filho


Crime aconteceu na Quadra 10 de Sobradinho

Do R7, com TV Record Brasília
Caso é investigado pela 13ª DelegaciaReprodução TV Record Brasília

Dois jovens abordaram um carro em frente a uma creche em Sobradinho (DF) e um deles atirou à queima-roupa no motorista do veículo, que tinha ido buscar a filha de cinco anos.
O tiro acertou o peito do rapaz, que caiu ensanguentado e gritando de dor. Os dois assaltantes saem correndo e, segundo testemunhas, fogem em outro carro dirigido por um comparsa que dava cobertura. Eram quase seis horas da tarde.
O barulho do disparo provocou muita confusão e correria na porta da escola. A mãe de uma estudante conseguiu colocar a vítima dentro do próprio carro até o Hospital Regional de Sobradinho.
O homem de 35 anos tem o estado de saúde bastante delicado. Está internado e vai passar por cirurgia para a retirada do projétil, que ficou alojado perto da coluna. Ele não sente os movimentos da perna.
O carro não teria sido atingido por nenhum tiro e foi rebocado pelo guincho da Polícia Civil até o Instituto Médico Legal, onde vai passar por perícia minuciosa em busca das digitais dos suspeitos.
A polícia espera ter mais detalhes dos bandidos através das câmeras de segurança tanto da escola quanto das residências próximas ao local.
O caso é investigado pela 13ª  Delegacia, que espera uma melhora de saúde da vítima para fazer o reconhecimento de alguns suspeitos.
 Fonte: R7/DF

Câmara retira da pauta projetos polêmicos de blindagem a distritais



Após pressão popular, deputados decidiram pela não votação das propostas




Após reunião dos líderes da Câmara Legislativa do Distrito Federal (CL/DF) nesta tarde de terça-feira (25/11), os deputados distritais decidiram engavetar dos Projetos de Resolução nº 81/2014 e nº 82/2014. Com isso, eles não serão votados durante a atual legislatura.

O presidente da Casa, Wasny de Roure (PT), foi sucinto. "Eu, como presidente, tenho a prerrogativa de colocar os projetos em votação, e não colocarei. Os projetos estão engavetados", sentenciou.

A decisão pelo engavetamento veio após forte pressão popular. A hashtag#tomavergonhadeputado circulou nas redes sociais como forma de protesto contra a iniciativa da Câmara Legislativa. Apesar da impossibilidade de votação na atual legislatura, qualquer deputado poderá requerer a tramitação dos projetos dentro de dois meses de mandato.

Os dois projetos, aprovados neste mês com tramitação acelerada, dariam superpoderes aos distritais. O Projeto de Resolução nº 81/2014 previa a perda de mandato somente após não caber mais recursos judiciais. Ou seja, o deputado que respondesse a um processo na justiça continuaria no cargo até a decisão final.

O nº 82/2014, por sua vez, restringiria a partidos políticos com representação no Congresso ou na Câmara Legislativa, ao corregedor da Casa ou das comissões permanentes a possibilidade de denunciar irregularidades praticadas pelos distritais. Vale lembrar que foi a ação popular que levou à abertura dos processos, entre outros, de Raad Massouh (PPL), cassado no ano passado, Aylton Gomes (PR), Benedito Domingos (PP) e Rôney Nemer (PMDB).



(*) Almiro Marcos/CorreioWeb

REGULARIZAÇÃO: Moradores de condomínio no Grande Colorado recebem as primeiras escrituras



Mais de 200 famílias moradoras do Vivendas Friburgo fecharam acordo com a empresa dona da área e terão direito ao documento até o fim deste ano

(*) Thaís Paranhos

Os moradores do Vivendas Friburgo, no Grande Colorado, começaram a receber a escritura definitiva das casas onde vivem. A última vez que houve conclusão de um processo de regularização de parcelamento de classe média no Distrito Federal foi em 2007. Desde então, não ocorreram avanços nessa área. Neste ano, mais de 200 famílias moradoras do Friburgo fecharam acordo com a empresa privada dona da área e terão direito ao documento. Em 2007, a Urbanizadora Paranoazinho (Upsa) comprou o terreno na região de Sobradinho onde há 54 condomínios.

Em cerimônia realizada na noite desta terça-feira (25/11) no Vivendas Friburgo, quatro moradores foram escolhidos para receber a escritura. O servidor público aposentado Francisco Domingos da Silva, 77 anos, e a esposa, Maria das Neves Feitosa da Silva, receberam o documento. Eles compraram o lote há 17 anos e aguardavam o dia em que teriam em mãos a escritura. “Foi uma luta muito grande porque aqui não tinha nada. Com o nosso esforço e dinheiro abrimos ruas, trouxemos luz e água. Não quero ser mais aquela pessoa conhecida por morar em terras irregulares e ser taxado de invasor”, comemorou.

Francisco lembra que a compra do terreno pela Upsa em 2007 assustou os moradores, mas, com as reuniões entre eles e a empresa, chegaram a um acordo e resolveram o impasse. “Muita gente quis entrar na justiça, mas achei melhor esperar porque sabia que um dia teríamos uma solução amigável e correta. Eles se prepararam para vencer os obstáculos da regularização e hoje estamos aqui”, finalizou. Depois de várias negociações, os moradores aceitaram pagar R$ 73 pelo metro quadrado do terreno.

O policial civil Helmuth Felep Zimmer, 49 anos, morador do Vivendas desde 2003, tem o terreno no condomínio desde a década de 1990 e comemora a conquista. “É um alívio e uma alegria imensa para nós. Lutávamos há muito tempo por isso. Nos anos 90 houve proliferação dos parcelamentos e havia um temor muito grande de perder o lote, pensávamos que o governo podia nos tirar”, lembrou. Para ele, a entrada da Upsa no processo foi importante para chegar a regularização. “A realidade de todos os outros condomínios é essa, entra e sai governo, mas continua tudo irregular”, apontou.


Termo de compromisso

O diretor-presidente da Paranoazinho, Ricardo Birmann, lembra que quando a urbanizadora comprou a área, o processo de regularização engatinhava. Depois de cumpridas as exigências urbanísticas e ambientais, o processo ainda esbarrava em questionamentos do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) como em relação ao espaços para equipamentos públicos e áreas de preservação, por exemplo.

”Percebemos que era preciso dar uma solução para esse impasse. Fizemos um termo de compromisso com o GDF para cumprir algumas exigências. O Ministério Público fez as recomendações e assinamos o documento. É um marco histórico e uma contribuição da Upsa para o processo de regularização”, explicou. “A partir de agora, esses moradores terão um lote no nome deles e a urbanizadora não terá nenhum poder sobre ele”, finalizou.

A Urbanizadora Paranoazinho (Upsa), uma sociedade anônima com capital de investidores privados, comprou o terreno de 1,6 mil hectares em Sobradinho em 2007. Seis anos depois, registrou no cartório do 7º Ofício. A área faz parte da Fazenda Paranoazinho, parte da herança de um dos maiores latifundiários da região José Cândido de Souza. Com a matrícula em cartório, a empresa pode negociar com os quase 30 mil moradores dos parcelamentos da região. Os moradores do Vivendas Friburgo foram os primeiros a fechar acordo de compra com a Upsa.

Em 2007, o condomínio Morada de Deus, em São Sebastião, erguido em área particular, e os parcelamentos em terreno público Estância Jardim Botânico, San Diego, Mansões Califórnia e Portal do Lago Sul foram regularizados. Assim como o Vivendas Friburgo, esses parcelamentos estão localizados em Area de Interesse Específico (Arine).


(*) Thaís Paranhos/CorreioWeb

SEGURANÇA: VEÍCULO ROUBADO NO PARANOÁ É RECUPERADO EM SOBRADINHO II PELA POLÍCIA MILITAR.



(*) Claudio Martins

Por volta das 3h de domingo, 23/11, policiais militares de Sobradinho recuperaram o veículo Hyundai/HB20 de cor branca e placa PAZ 3744 produto de roubo na cidade do Paranoá.

Os policiais foram acionados por um policial militar que estava de folga e deparou com um veículo suspeito no Novo Setor de Mansões de Nova Colina. Ao verificar a placa do veículo no aplicativo Sinesp cidadão, o policial constatou que o veículo constava com produto de roubo.

O policial militar acompanhou o veículo até as entre quadras 13/15 e o perdeu de vista. As informações foram passadas para os prefixos de serviço. Após alguns minutos o veículo foi localizado nas entre quadras 08/10 de Sobradinho e o condutor ao perceber que seria abordado pela equipe, se evadiu em direção a Sobradinho II, em alta velocidade.



Os policiais militares fizeram acompanhamento ao veículo, porém também o perderam de vista nas proximidades da UPA de Sobradinho II. Continuaram as buscas pelo veículo e ele foi localizado, abandonado em um campo de futebol, nas proximidades Morro do Sansão, na entrada para o Polo de Cinema da cidade.

No interior do veículo os policiais localizaram dinheiro, documentos de outros veículos e cheques preenchidos. Todo o material foi encaminhado à 35ª Delegacia de Polícia e apreendido. A proprietária do veículo foi localizada e disse que foi vítima de roubo na cidade do Paranoá, por dois indivíduos armados com armas de fogo.


(*) Por Claudio Martins/blog Informativo Flagrante

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

INFORME PUBLICITÁRIO: MATRÍCULAS ABERTAS !


SEGURANÇA: HOMEM É PRESO NO GRANDE COLORADO COM CARRO ROUBADO EM FORMOSA/GO.



Por volta das 22h de sexta-feira, 21/11, policiais militares do Grupo Tático Operacional de Sobradinho prenderam em flagrante pelo crime de receptação de veículo roubado, Vitor Lúcio, 24 anos, morador de Planaltina de Goiás. Com ele foi apreendido um veículo Honda Civic, modelo 2014, de placa JKM 6116, roubado no último dia 19, durante um sequestro relâmpago em Formosa/GO.

A equipe Bravo do GTOP-33, composta pelo sargento Marcelo Campos, cabos Duarte e Claudio Paiva recebeu a informação do Rádio Operador do 13º Batalhão de que havia um indivíduo em um depósito de bebidas no Grande Colorado, com um veículo roubado. O suspeito estaria com uma blusa de frio cinza e outra de cor rosa por baixo, sentado em uma mesa do estabelecimento, com duas mulheres, tomando cerveja.


A equipe se deslocou até o endereço e avistou o suspeito. Ele foi abordado e em seu bolso foi localizada uma chave de um veículo Honda Civic. Os policiais acionaram o alarme do veículo e o localizaram. Ao ser verificado a placa do automóvel constatou que se tratava de produto de roubo.

Diante da situação, Vitor disse que havia comprado o veículo por R$3000,00 na feira do rolo de Ceilândia. Ele foi conduzido à 35ª Delegacia de Polícia e autuado em flagrante pelo crime de receptação de veículo roubado. O delegado de plantão estipulou uma fiança de R$5000,00 para Vitor responder em liberdade pelo crime.


Por Claudio Martins/Informativo Flagrante

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

SEGURANÇA: POLÍCIA CIVIL DE SOBRADINHO PRENDE HOMEM POR TRÁFICO DE DROGAS NA QUADRA 15 E APREENDE ARMA DE FOGO.



(*) Claudio Martins

Por volta das 22h de quinta-feira, 20/11, policiais civis da Seção de Repressão às Drogas da 13ª Delegacia de Polícia de Sobradinho, prenderam em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, Wilker Nascimento de Souza, 19 anos. Com ele foi apreendido certa quantidade de crack e um revólver calibre 38, com numeração raspada, carregado com seis munições e mais cinco do mesmo calibre.

A equipe realizada campana na quadra 15, conjunto B de Sobradinho, após receber denúncias de que haveria uma aglomeração de traficantes e usuários na localidade, realizando um intenso comércio ilícito de drogas.

Em certo momento os policiais filmaram um indivíduo conhecido pelo apelido de “Kiki” passando algo para um usuário de drogas e guardando dinheiro no bolso. O usuário foi abordado e com ele foi apreendido uma porção de crack. Ele disse que havia comprado a droga de “Kiki”, minutos antes.


Diante da situação “Kiki” foi abordado e com ele foi localizada uma pedra grande de crack e R$91,00, em dinheiro. A equipe deslocou até a residência de “Kiki”, no Setor de Mansões Mestre D’Armas I, em Planaltina e localizou dentro de seu quarto, um revólver calibre 38, de numeração raspada, carregado com seis munições e mais cinco munições do mesmo calibre.

“Kiki” foi conduzido à 13ª Delegacia de Polícia e autuado em flagrante pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo de uso restrito.


(*) Fonte: Claudio Martins/Blog Informativo Flagrante

CONVITE AOS SOBRADINHENSES


quinta-feira, 20 de novembro de 2014

SEGURANÇA: HOMEM É MORTO EM “ACERTO DE CONTAS” NA VILA DNOCS, EM SOBRADINHO.




Por volta das 22h de quarta-feira, 19/11, Bruno Pereira Silva, 24 anos, foi vítima de um “acerto de contas” na esquina do conjunto 02 da quadra 03, na Vila Denocs, em Sobradinho. Ele foi alvejado por cinco disparos de arma de fogo e morreu no local.

Segundo Testemunhas, Bruno estava em frente a uma residência no conjunto 02 quando um indivíduo se aproximou dele e disse a seguinte frase: Foi você quem ameaçou o meu irmão? Logo após dizer a frase, sacou uma arma de fogo e efetuou cinco disparos à queima roupa em Bruno.

Policiais civis e militares foram acionados para o local do crime, porém ninguém foi preso. Agentes da Seção de Investigação de Crimes Violentos da 13ª Delegacia de Polícia estão investigando o homicídio.


Fonte: Claudio Martins/Blog Informativo Flagrante

Mobilidade por bicicleta no DF é tema de seminário da Casa Civil

Sociedade civil e governo debatem medidas e estratégias para promoção do uso de bikes

 A bicicleta é um dos meios de transporte que não agridem o meio ambiente e, para muitos, funciona como a solução para fugir do trânsito e até cuidar da saúde. Esses e outros benefícios que o uso da bike pode trazer para quem a inclui no seu dia a dia é apenas um dos temas do seminário promovido pela Casa Civil para avaliar a política de mobilidade por bicicleta implantada no DF. O encontro ainda debaterá e elaborará os desafios da área para os próximos anos.

O seminário, que acontece até as 17h desta quinta-feira (20), reúne a sociedade civil e o governo a fim de um lado ouvir o outro para traçar objetivos para melhorar projetos já executados. Para o servidor público Darione Oliveira, a discussão do tema é essencial para mudar os hábitos da população.

"Tem coisa que precisa ser melhorada, porém é preciso que o cidadão mude seu pensamento sobre a bicicleta e passe a apostar nela como um meio de transporte sustentável e rápido para o deslocamento", considerou.

Atualmente, o Distrito Federal tem 500,2 km de malha cicloviária - entre ciclovias e ciclofaixas. Para o coordenador do Fórum de Mobilidade de bicicletas do GDF, Paulo Alexandre Passos, desde 2011 o tema é trabalhado por meios de serviços e grandes ações a fim de promover o uso das bikes e seus benefícios para a saúde e para o meio ambiente.

"O GDF trabalha com três eixos do Plano de Mobilidade: infraestrutura – com as ciclovias e ciclofaixas -, serviços e mudanças de comportamento. Esses três fatores são essenciais para consolidar estratégias e avançar no tema. Como resultado, o DF tem crescido na implantação de ciclovias e hoje está mais seguro e agradável andar (de bicicleta) no DF", explicou.

Quem também considera que houve avanços na mobilidade é a ciclista Maria Inês, que diariamente usa o meio de transporte para passear pelo DF. "Saio quase todos os dias do Sudoeste com minha bicicleta. Convivo diariamente com o tema e acho extremamente importante debatermos estratégias para criar ações e incentivar o uso. Posso dizer que hoje a cidade oferece melhores condições para nós, ciclistas", afirmou.

OBRAS - Ainda estão em execução mais 107,5 km de ciclovia em quatro regiões administrativas: Brasília, Gama, Lago Sul e Park Way. Além disso, está em estudo a instalação de novas ciclofaixas ainda em 2014.

Confira os números da malha cicloviária no DF atualmente:

Cidade
Extensão
BRASÍLIA
88,8 km (ciclovias)
GAMA
23,6 km (ciclovias)
TAGUATINGA
45 km (ciclovias)
BRAZLÂNDIA
3 km (ciclovia)
SOBRADINHO
1,5 km (ciclovias)
PLANALTINA
1,3 km (ciclovias)
PARANOÁ
2,4 km (ciclovias)
NÚCLEO BANDEIRANTE
3,8 km (ciclovias)
CEILÂNDIA
40 km (ciclovias)
GUARÁ
14,7 km (ciclovias)
SAMAMBAIA
21 km (ciclovias)
SANTA MARIA
14,6 km (ciclovias)
RECANTO DAS EMAS
26,9 km (ciclovias)
LAGO NORTE
1,8 km (ciclovias)
RIACHO FUNDO II
8 km (ciclovias)
SUDOESTE/OCTOGONAL
10,3 km (ciclovias)
PARK WAY
43,5 km (ciclovias)
SCIA
1 km (ciclovia)
TOTAL
351,2 km

Houve também obras e ações para implantar ciclovias e ciclofaixas nas principais rodovias que cortam o Distrito Federal, confira os números:

Ciclovias nas rodovias do DF:

Rodovia/Cidade
Extensão
DF-001 / ITAPOÃ
4 km
DF-001 - DF-463 / SÃO SEBASTIÃO
10 km
DF-001 / TAGUATINGA-SAMAMBAIA
3 km
DF-005 / VARJÃO
10 km
DF-079 / PARK WAY-ÁGUAS CLARAS
8 km
DF-440 / CONDOMÍNIO RK
2 km
DF-480 / GAMA
4 km
DF-001 / SAMAMBAIA
8 km
DF-025 / PARANOÁ
2 km
DF-150 / COLORADO
7 km
FAZENDINHA-RECANTO DAS EMAS
2 km
TOTAL
61 km

CICLOFAIXAS NAS RODOVIAS DO DF

Rodovia/Cidade
Extensão
DF-009 / LAGO NORTE
18 km
DF-025 / LAGO SUL
52,4 km
DF-027 / ESTRADA PARQUE JK
3,6 km
DF-035 / ESAF/LAGO SUL
8 km
DF-459 / LIGAÇÃO CEILÂNDIA/SMAMBAIA
6 km
TOTAL
88

Alguns trechos foram feitos fora do conceito implantado pela atual gestão e serão revitalizados, como em parte de Taguatinga, onde a malha local será reestruturada com as obras de implantação do Expresso Oeste, com a ligação ao Plano Piloto e demais cidades.


 Fonte: Johnny Braga, da Agência Brasília/Foto: Pedro Ventura / Arquivo