Pesquise neste blog

domingo, 21 de setembro de 2014

FURTO » Bandidos arrombam lotérica em Sobradinho e levam quase R$ 7 mil

Quem reconhecer os bandidos pode fazer a denúncia anônima


Ladrões entraram no estabelecimento comercial por volta das 4h da madrugada; alarme não foi suficiente para espantá-los


Uma casa lotérica foi arrombada na madrugada deste domingo (21/09) na Quadra 8 de Sobradinho. Ao todo foram levados R$ 6,8 mil em espécie, além de bilhetes da loteria instantânea, cupons premiados e numerários diversos. O crime ocorreu por volta das 4h, quando pelo menos cinco bandidos quebraram a porta aparentemente utilizando um pé-de-cabra.



Imagens do sistema de monitoramento da loja, as quais a reportagem teve acesso, flagraram a ação de dois dos suspeitos. Um deles veste um casaco e capuz listrado. Em outra foto, enquanto o mesmo rapaz caminha de costas, o grupo tenta abrir o estabelecimento. Quem reconhecer os bandidos pode fazer a denúncia anônima por meio do telefone 197.


O boletim de ocorrência foi registrado na manhã de hoje, na 13ª Delegacia de Polícia (Sobradinho) pelos proprietários do estabelecimento. A perícia foi acionada e somente o resultado final pode concluir se o objeto utilizado para arrombar a lotérica foi, de fato, um pé-de-cabra ou outro instrumento de ferro.


Os proprietários foram avisados pela empresa de segurança. Investigadores da 13ª DP recolheram câmeras do circuito interno do comércio, mas ainda não identificaram nenhum suspeito. A loja possui serviço de alarme privado, que foi acionado, mas não intimidou os criminosos.


O pai dos proprietários da lotérica, que preferiu não ser identificado, contou que ainda não há como precisar o prejuízo. “Houve uma deficiência da empresa que faz o monitoramento, porque o crime aconteceu às 4h e eu só fui avisado duas horas depois”, lamentou o homem de 65 anos. Ainda durante a manhã, a porta da loja estava sendo consertada. O pai dos proprietários afirma que a intenção é reabrir a lotérica normalmente nesta segunda-feira (22/9).


Fonte: Isa Stacciarini/correioweb


Nenhum comentário: