Pesquise neste blog

Secretaria de Estado da Casa Civil - DF

domingo, 29 de maio de 2016

Obesidade na mira da Saúde



Pacientes com sobrepeso terão acompanhamento multidisciplinar

 

A Secretaria de Saúde começa a implantar, neste ano, o Plano de Ação da Linha de Cuidado do Sobrepeso e Obesidade, aprovado pelo colegiado de gestão da pasta em março de 2016. O objetivo é organizar o serviço de modo a oferecer acompanhamento adequado aos pacientes.

 
"Serão três pontos de atenção. Na atenção primária, essa pessoa com sobrepeso ou obesidade será identificada e encaminhada para o tratamento adequado. Ela será acompanhada e se em um ano não houve redução entre 5% e 10% de peso, esse paciente é encaminhado para o nível secundário, com consulta com endocrinologista, participando de grupo multidisciplinar com oito encontros", explica a nutricionista da Secretaria de Saúde, Fernanda Farias.

 
Ela completa que se em dois anos a pessoa não atingir a meta de melhora clínica, é encaminhada para o nível terciário, onde será feita nova avaliação para uma possível cirurgia bariátrica. "Depois de um ano e meio, esse mesmo paciente pode seguir para uma cirurgia reparadora e, não havendo intercorrências, ele volta a ser acompanhado pela atenção primária", completa.

 
A linha de cuidados será implementada, inicialmente, na Região Centro-Norte de Saúde, que engloba Varjão, Lago Norte, Granja do Torto, Asa Norte e Cruzeiro. Isso deve ocorrer até o final deste ano. Depois, será levada para as outras seis regiões de saúde. "Esse plano deverá ser totalmente implantado até 2019", destaca Fernanda Farias.
 

ALERTA – Pesquisa do Ministério da Saúde divulgada em 2014 aponta que o DF está na 22ª posição no ranking de obesidade entre os estados brasileiros, com 50% da população acima do peso.
 

Pesquisa da Universidade de Brasília aponta que o Sistema Único de Saúde (SUS) gasta, anualmente, cerca de R$ 500 milhões com tratamento de doenças relacionadas à obesidade (doenças cardíacas, diabetes, aumento de pressão arterial, câncer, infertilidade).

 
Apesar de somente agora começar a implantar uma linha de cuidados do sobrepeso e obesidade, a Secretaria de Saúde do DF já promove ações de prevenção ao aumento de peso. Diversos centros de saúde contam com programas de orientação alimentar e prática de atividades físicas, como o Probem no Recanto das Emas, que trata desde crianças até idosos.

 
(*) Secretaria de Estado de Saúde do DF

Nenhum comentário: