CLDF - BLOG DO EMICLES

CONSELHOS TUTELARES 2019 - BLOG DO EMICLES

Pesquise neste blog

sábado, 31 de março de 2018

COLABORAÇÃO / POESIA por Vivaldo Terres


ALENTO

Procuro nesta vida complicada e dura,
Um certo alento, para ser feliz.
Sempre a procura de um alguém!
Que me ajude a amá-la,
Com seu carinho e afeto,
Tenho certeza que serei menos infeliz.
***
Sonho com ela um sonho de menino,
Puro divino como o lírio em flor.
O importante para mim e encontrá-la,
***
Porque assim encontrarei...
O meu primeiro e único amor.


(*) Vivaldo Terres (foto) é contista e poeta
Contato: vivaldo.itj2@gmail.com

BOLETIM DE OCORRÊNCIA NA REGIÃO NORTE DO DF SOBRADINHO/PLANALTINA


PMDF PRENDE ADVOGADO COM 7KG DE MACONHA PRÓXIMO A PLANALTINA


Após uma denúncia anônima, por volta de 20h, a equipe da PMDF conseguiu interceptar um veículo preto, com 3 homens em um posto de combustível na BR-020. O veículo localizado e abordado, no banco da frente foi encontrado cerca de 7 quilos de maconha. O proprietário do veículo informou que é advogado e estava com um de seus clientes, que tem passagem por receptação, indo ao seu escritório localizado na cidade de Sobradinho. O advogado não quis dar mais esclarecimentos sobre a situação e os 3 homens foram presos e conduzidos para a 31ª DP para registro da ocorrência.

Escrito por Comunicação Social/PMDF

EM CIRCULAÇÃO....



EXTRA, EXTRA!!!!


Já nas bancas e revistarias de Sobradinho I, II, Grande Colorado, Condomínios Horizontais e órgãos públicos a edição de número 340 referente a Segunda Quinzena de MARÇO de 2018.

Essa é uma cortesia dos apoiadores, patrocinadores e do editor deste veículo de comunicação.

Adquira gratuitamente seu exemplar na banca mais próxima de sua residência!









Adquira gratuitamente seu exemplar na banca mais próxima de sua residência!

sexta-feira, 30 de março de 2018

MOBILIDADE


Acesso ao Morro da Capelinha terá mais quatro linhas de ônibus nesta sexta (30)
Reforço começará ao meio-dia para facilitar a participação do público na tradicional via-sacra de Planaltina, a partir das 16 horas

(*) Davini Ribeiro
 Para chegar à Via-Sacra do Morro da Capelinha, usuários do transporte coletivo contarão com mais quatro linhas de ônibus nesta sexta-feira (30).
Segundo informações do Transporte Urbano do Distrito Federal (DFTrans), o reforço começará às 12 horas e se estenderá enquanto durar a demanda de passageiros.
Os carros com destino ao Morro da Capelinha saem dos terminais rodoviários de Sobradinho, de Sobradinho II e de Planaltina.
Além disso, uma linha partirá da Rodoviária do Plano Piloto:
  • 504.2 – Sobradinho-Morro da Capelinha (Tarifa: R$ 5)
  • 504.3 – Sobradinho II-Morro da Capelinha (R$ 5)
  • 609.2 – Planaltina-Morro da Capelinha (Jardim Roriz-Pape) (R$ 2,50)
  • 617.1 – Rodoviária do Plano Piloto-Morro da Capelinha (R$ 5)
Trânsito alterado para a via-sacra
Para quem for de carro, o trânsito estará modificado. A partir das 13 horas, a DF-230 terá sentido único no trecho entre o Colégio Agrícola e a rotatória com a DF-130.
Uma das quatro vias de acesso ao Morro da Capelinha ficará fechada para passagem de pedestres.
Via-sacra começa às 16 horas
A Via-Sacra do Morro da Capelinha faz parte das celebrações da Semana Santa. Hoje, (30), a partir das 16 horas, o público assistirá à encenação da condenação, morte e ressureição de Jesus Cristo.
A estimativa dos organizadores é que 150 mil pessoas compareçam ao tradicional evento.
(*) Fonte: Agência Brasília

VEM AÍ....


Leilões Judiciais no Distrito Federal

A Justiça Distrital de Brasília e Sobradinho em conjunto com a leiloeira oficial Jussiara Santos E. Sukiennik realizam leilões eletrônicos nos dias 02 e 05 de abril de 2018, pelo site www.jussiaraleiloes.com.br. Como destaque será leiloado apartamento com 02 vagas de garagem, localizadoem Ipanema no Rio de Janeiro. Além disso também serão leiloados apartamentos, terrenos, casa e imóvel comercial, localizados em Brasília, Sobradinho e Águas Claras. Interessados podem obter informações mais detalhadas pelo site www.jussiaraleiloes.com.br ou então pelo 0800-707-9272.


(*) Patricia Jaques - assessoria@leiloesdajustica.com.br / www.jussiaraleiloes.com.br

CANDANGÃO 2018


Sobradinho de Túlio Guerreiro chega à final depois de 23 anos
O adversário na grande decisão será o Brasiliense e a primeira partida acontece neste sábado, no Mané Garrincha

(*) Sérgio Porto

No final de 2017 após o Arbitral do Candangão 2018, o ex-volante de Grêmio, Botafogo, Figueirense, Corinthians, Goiás falando à Rádio DF10 de Brasília, comentou sobre o projeto para as disputas da Copa Verde de 2018, dizendo que o comércio da cidade Sobradinho estava apoiando o clube, e que já tinha o técnico acertado para dirigir o Leão da Serra na competição. Porém, tanto Paracatu como o Sobradinho acabou perdendo suas vagas para as disputas da competição da CBF. O Brasiliense entrou como campeão do Distrito Federal de 2017. A segunda vaga foi dada ao Ceilândia, vice-campeão candango do ano passado.
Túlio Lustosa chegou a entrar com uma ação no Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) no Rio de Janeiro. Brasiliense e Ceilândia foram confirmados na Copa Verde e ambos foram eliminados. Túlio foi convidado para ser gerente de futebol do Goiás Esporte Clube. Quem assumiu a presidência do Sobradinho, por indicação de Túlio Guerreiro, foi Washington Borges. Perguntado em entrevista à Rádio DF10 se a perda da vaga para a Copa Verde teria influenciado em sua ida para o Goiás, Túlio disse que: “Cem por cento isso pesou. Futebol de Brasília precisa crescer. Tem dirigentes aqui que pensam só em si. O Sobradinho vai continuar lutando, apesar de todas as dificuldades”, disse Túlio à caminho de Goiânia na oportunidade.


 O presidente Washington Borges, falando à Rádio DF10 na quarta-feira no estádio Abadião antes do jogo com o Ceilândia, disse que: “Estou desmoralizado aqui no campo do Ceilândia. O presidente do Ceilândia vetou a entrada do nosso ônibus, dos carros da minha comissão técnica e o meu também nas dependências do estádio. Isso é uma vergonha para o futebol do Distrito Federal. Esta conquista da vaga para as finais do Candangão representa muito para o Sobradinho. Uma grande festa para a cidade, este povo querido que gosta de futebol, o segundo maior número de torcedores do futebol de Brasília.Eu mando um grande abraço ao Túlio e o parabenizo pelo trabalho em 2017 aqui no Sobradinho, como também no belíssimo trabalho que está fazendo no Goiás. A gente, se Deus quiser, vamos alcançar nossos objetivos”, disse o presidente do Sobradinho.

O trabalho realizado pela diretoria do Sobradinho, tendo o apoio de Túlio à distância, foi coroado com a conquista de uma das vagas nas finais do Candangão de 2018. O Leão da Serra vai enfrentar o Brasiliense nas duas partidas finais do Candangão. O primeiro jogo será neste sábado, a partir das 16h15 no estádio Nacional Mané Garrincha. Depois de 23 anos o Sobradinho está de volta às finais do Candangão. O clube tem dois títulos candangos (1985 e 1986), duas conquistas da Segunda Divisão do DF (1960 e 2003). O Sobradinho disputou na primeira fase do Candangão 2018 onze partidas, com seis vitórias, dois empates e três derrotas. Marcou 14 e sofreu 11 gols. Seu artilheiro e também da competição é Michel Platini, com 11 gols marcados.
Nas quartas de finais venceu o Real FC por 4 a 2 e 2 a 1. Nas semifinais eliminou o Ceilândia, após 3 a 1 e empate em 0 a 0. Agora vai reencontrar o Brasiliense, clube que o Sobradinho enfrentou nas semifinais do Candangão, sendo derrotado por 2 a 1 e 4 a 1. Este ano no Agostinho Lima o Brasiliense venceu o Leão da Serra por 2 a 1.
Com a conquista da vaga para as finais do Candangão de 2018, o Sobradinho do técnico Victor Santana realizou o sonho do ex-presidente Túlio Guerreiro. O Leão da Serra estará na série D do ano que vem, além da Copa do Brasil e da Copa Verde.
 (*) Sérgio Porto/ futebolinterior.com.br

CULTURA



Encenação da Via Sacra deve reunir mais de 100 mil pessoas no Morro da Capelinha

Há 45 anos, o caminho percorrido por Jesus Cristo até a crucificação e ressurreição é encenado no Morro da Capelinha, em Planaltina, no Distrito Federal, a cerca de 45 quilômetros de Brasília. Hoje (30), feriado de Sexta-Feira Santa, cerca de 100 mil pessoas devem comparecer ao local para assistir ao espetáculo cristão, realizado pelo Grupo
Via Sacra Ao Vivo.
A encenação é considerada uma das mais importantes do contexto cultural e religioso do Distrito Federal. São 1,4 mil voluntários trabalhando no evento, 800 atores nos papeis dos personagens bíblicos e 600 no apoio técnico. “Estamos fazendo os ajustes finais nos cenários para que amanhã esteja tudo pronto”, disse um dos organizadores, Leonardo Magalhães.
A encenação está marcada para as 16h e dura em torno de 4 horas. Os fiéis percorrem 14 estações até o alto do morro. Em cada uma delas, uma passagem da Bíblia é lembrada, desde a prisão de Cristo até sua morte. A 15ª estação encena a ressurreição de Cristo.
Ao longo do dia, muitos fiéis vão ao cruzeiro no alto do morro para acender velas, fazer pedidos e pagar promessas. Algumas sobem de joelhos ou carregando cruzes para agradecer as graças recebidas.
Magalhães contou que neste ano, para comemorar os 45 anos do grupo, haverá uma grande surpresa no final do evento, durante a encenação da ressurreição.
A primeira montagem da via sacra no Morro da Capelinha aconteceu em 1973. Em 1986, o evento foi incluído no calendário oficial do DF e, em 2008, foi decretado como Patrimônio Imaterial do DF.
Local da encenação da Via Sacra no Morro da Capelinha, em Planaltina-DF
Além da encenação em Planaltina, outras paróquias do Distrito Federal vão promover vias-sacras nesta sexta-feira. A programação dos eventos da Semana Santa está disponível nos sites da Arquidiocese de Brasília e da Agência Brasília. A Semana Santa, que termina no domingo de Páscoa, é um dos períodos mais importante para os católicos.
Segurança e serviços
A Secretaria de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal informou que haverá alterações no trânsito da região e reforço na segurança a fim de garantir a tranquilidade da celebração no Morro da Capelinha.
A partir das 13 horas, a DF-230 terá sentido único no trecho entre o Colégio Agrícola e a rotatória com a DF-130. Uma das quatro vias de acesso ao Morro da Capelinha ficará fechada para passagem dos pedestres. As demais pistas serão destinadas ao trânsito de veículos, situações de emergências e para a produção do evento. O acesso à área do evento se encerrará às 21h.
O Departamento de Trânsito (Detran-DF) estará presente com 35 agentes em 15 viaturas. Dois guinchos e uma empilhadeira da autarquia darão suporte caso seja necessário remover carros parados em locais proibidos.
Para atender ocorrências médicas, cinco pontos fixos com médicos e enfermeiros estarão disponíveis. Os profissionais são bombeiros militares e profissionais do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), da Secretaria de Saúde e da Cruz Vermelha.
Eventuais delitos poderão ser registrados na Delegacia Móvel da Polícia Civil. As delegacias físicas de Planaltina e de Sobradinho receberão reforço de policiais.
A Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) vai distribuir 13 mil litros de água em pontos espalhados desde a entrada do evento até o topo do morro, onde ocorre a encenação.
Agência Brasil / Jornal do Brasil

quinta-feira, 29 de março de 2018

CANDANGÃO 2018



Sobradinho é finalista do Candangão e garante vaga na Série D 2019
Após vitória por 3 x 1 na ida, Leão da Serra segura o Ceilândia no Abadião
 
Jogadores do Ceilândia lamentam gol sofrido no primeiro jogo da semifinal
O Sobradinho é o primeiro finalista do Campeonato Brasiliense. O Leão da Serra empatou em 0 x 0 diante do Ceilândia, na tarde desta quarta-feira (28/3), e garantiu um lugar na decisão. 

Às 20h, o adversário do Sobradinho será conhecido no duelo entre Jacaré e Luziânia, que venceu o jogo de ida por 1 x 0, no Serra do Lago. Em caso de vitória pelo mesmo placar, o clube de Taguatinga avança à decisão, por ter feito melhor campanha na primeira fase.

Precisando do resultado após perder a partida de ida por 3 x 1, o Ceilândia comandou as ações durante maior parte da partida, mas não conseguiu criar muitas chances. O sol forte no Abadião também foi um vilão para os jogadores. Com o apito final de Sávio Sampaio, o Gato Preto, líder da etapa de classificação do Candangão, está eliminado.

O Sobradinho está de volta a final do Candangão depois de 23 anos ausente. A última vez que o time jogou a decisão foi em 1994, quando o Gama sagrou-se campeão. O resultado também garante o clube na Série D do Brasileirão de 2019. O Ceilândia disputa a competição nacional ainda esse ano e, caso não consiga o acesso, está fora do cenário do futebol nacional no ano que vem.

Redação /Correio Braziliense

quarta-feira, 28 de março de 2018

ESPORTE / SOBRADINHO


Kendo: Arte marcial Japonesa cresce e ganha adeptos em Sobradinho

Há dois anos na cidade, a modalidade trabalha corpo e mente desenvolvendo disciplina, concentração e potencial para vencer os desafios do dia a dia

(*) Emicles Nogueira Nobre Júnior

Um esporte capaz de transmitir técnicas e experiências de tradições que foram adquiridas em batalhas travadas pelos guerreiros japoneses, os samurais, que protegeram o Japão há 700 anos, deixando um legado de honra e coragem, influenciando toda a cultura japonesa. A arte da espada samurai é a luta kendo e vem dessa tradição, ganhando cada dia mais adeptos e admiradores em todo o Brasil.  Há dois anos, o esporte chegou a Sobradinho e busca exatamente resgatar a estratégia, a concentração e o espírito que era desenvolvido por esses guerreiros para o combate, com o objetivo de trazer esses conceitos para a vida pessoal, escolar e profissional dos praticantes nos dias de hoje.

O kendo é baseado no Kenjutsu, onde “Ken” significa espada e “Do” caminho, ou seja, o “caminho da espada” ou “o caminho para desenvolver o indivíduo”. Os treinos são bastante rígidos e exigem muita disciplina. Só na unidade de Sobradinho, aqui em Brasília (DF), onde as aulas são ministradas no Instituto Educacional Santo Elias, há cerca de dez alunos matriculados, entre homens e mulheres. Além desta unidade, outras cinco estão espalhadas pela Capital.


Os treinos são divididos em três modalidades: Kenjutsu, Iaijutsu e Jojutsu e o atleta pode ser praticante de apenas uma ou mais delas, desde que separadamente. Os lutadores usam as espadas, feitas com tiras de bambu, chamadas de “shinai”. Além disso, devem usar uma armadura e equipamentos de proteção (veja a arte) e somente com o uso dessa proteção que é possível realizar os combates de forma segura, sem risco de lesões que podem ser causadas pelo impacto dos golpes. Durante a luta básica, os oponentes esquivam-se dos golpes do adversário e procuram atingir com a espada de bambu, três alvos principais: a cabeça (Men), o punho (Kote) e o abdome (Do).
José Ricardo Lopes

Segundo o coordenador das unidades de Brasília e de Goiânia (GO), o médico José Ricardo Lopes, 53, os treinos são bastante vigorosos, exigem muito movimento e podem ser praticados por crianças a partir de 7 anos e adultos de todas as idades. Com uma experiência de 25 anos, José Ricardo atua na modalidade desde a sua criação aqui no Brasil pelo Instituto Cultural Niten, que tem sede em São Paulo (SP), criado pelo também médico, o sensei (termo usado para o fundador), Jorge Kishikawa. O samurai paulistano já conquistou mais de 10 mil discípulos com as técnicas dos guerreiros japoneses. “O kendo é a arte da espada japonesa não apenas no sentido de uma luta competitiva ou no sentido violento da espada, mas por se praticar uma arte marcial tradicional e fazer disso um caminho de vida”, resume José Ricardo.

Para ele, como mensageiro da cultura e da filosofia da arte, a sua principal meta é tornar as pessoas melhores, mais felizes e ainda aprender com os ensinamentos dos antigos mestres, que desenvolveram a prática. “Posso dizer que essa é uma arte de aprender com os antigos a ser feliz nos dias de hoje”, garantiu José Ricardo, lembrando, que qualquer pessoa interessada pode dar início aos treinos, mesmo sem os equipamentos, pois o Instituto os empresta temporariamente. Segundo o coordenador, para a modalidade Kenjutsu, única praticada em Sobradinho, os equipamentos são essenciais para uma prática segura.

José Ricardo explicou que além da técnica da luta que são ensinadas a cada treino, os chamados “Momentos de Ouro” também são feitos ao final dos encontros, neste momento há a oportunidade de passar os princípios e a filosofia da cultura Japonesa, além de ensinar o Bushido, que é o código de ética e conduta dos samurais. “Essa é uma parte bastante fundamental nos ensinamentos”, conclui.

 Silvana Lopes,  José Ricardo e  karl Matsumoto
Quem divide a coordenação e os ensinamentos com José Ricardo na unidade de Sobradinho é Silvana Lopes, 44, e o médico karl Matsumoto, 47. Aluno graduado, Karl pratica a modalidade há cerca de cinco anos junto com o filho de 16 anos, Thomas Matsumoto, quem apresentou para Karl o esporte. “Na verdade, eu já estava procurando algo que me trouxesse um equilíbrio e foco mental, até por conta da minha agitada profissão de médico”, ressaltou Karl Matsumoto, afirmando que encontrou tudo o que procurava no kendo.

Thomas

Filho de japonês, Karl e o herdeiro Thomas conheceram o Instituto Niten em uma apresentação na semana japonesa aqui em Brasília e, desde então, se envolveram completamente com a arte. “Na verdade, além do próprio combate e do exercício físico, o kendo prega vários princípios como equilíbrio, sabedoria, disciplina, respeito ao próximo, felicidade, bem-estar, gratidão, coragem, compaixão, enfim, o método traz os ensinamentos de samurai e aplica na vida moderna”, disse Karl, que vai disputar juntamente com o filho o campeonato mundial - 16º Torneio Brasileiro, em São Paulo, no próximo dia 21 de abril.

Além de estar presente em 16 estados do Brasil, o Instituto Cultural Niten marca presença também na Argentina, Chile, Uruguai, México, Colômbia, Portugal e recentemente chegou aos Estados Unidos. No Brasil, o Instituto tem unidades em todas as regiões.



Kendo, arte marcial japonesa

O Sensei brasileiro


O médico Jorge Kishikawa criou o Instituto Cultural Niten em 1993. Ele é casado e pai de três filhos. A data de seu aniversário tornou-se o Dia do Samurai, em São Paulo. O sensei já foi duas vezes penta-campeão brasileiro consecutivo e vice-campeão no Mundial Aberto de Paris em 1985, além de 7º Dan (grau) de kendo pelo Japão, que é a graduação mais alta existente no Brasil e foi ainda o primeiro mestre a alcançar esta meta aqui no país, que é feita por meio de avaliação por uma banca examinadora composta por mestres japoneses.

O mestre - “Hanshi”

“É através de um espírito forte que alguém supera a inevitabilidade do corpo tornar-se fisicamente fraco.” – Mochida Moriji Hanshi

Hanshi é um termo em japonês semelhante ao “instrutor de instrutores” ou, seja, o mestre. É atribuído apenas a quem possui a partir do oitavo grau (Dan). Dentro do Kendo, o hanshi chama-se Mochida Moriji. Ele nasceu 1885 e morreu em 1974, com 89 anos. É considerado um dos maiores praticantes de kendo na história, dedicando mais de 50 anos de sua vida ao “caminho da espada”, como forma de melhorar sempre suas habilidades técnicas e pessoais. O mestre Moriji Mochida foi o último a receber o 10º Dan por sua habilidade inigualável, sendo respeitado e reverenciado pelo mundo todo.

Como iniciar

Os treinos no Instituto Niten estão disponíveis para homens, mulheres e crianças (crianças a partir dos sete anos e adultos de todas as idades). Para começar não é necessário ter conhecimento anterior de artes marciais e nenhuma restrição físicas (peso, condicionamento, etc.). Os interessados na técnica samurai podem fazer aula experimental não é necessário avisar com antecedência e o material é todo emprestado pelo Instituto.

Informações Instituto Cultural Niten
E-mail: contato@niten.org.br
Telefone: (11) 5539-3587 // 5539-6550


 O que significa:


Iaijutsu: A arte desembainhar a espada: enfrentando oponentes imaginários, onde as espadas de metal cortam o ar. Com raízes na filosofia ZEN, busca a perfeição e o aprimoramento interior, trazendo o segredo de vencer a si próprio e ao oponente antes mesmo do primeiro golpe.
Jojutsu: É a arte do bastão de madeira, transformando em uma das mais poderosas armas samurais. Técnicas e equilíbrio capazes de fazer o carvalho sobrepujar o aço, desarmar e render um oponente que empunha uma espada.


(*)  Fonte : Emicles Nogueira Nobre Júnior  , Vídeo: Rede Globo - Fotos: Eduardo Nobre em 28/03 as 14h19min - exclusivo para edição nº 340 Referente a Segunda Quinzena de Março de 2018 do JS.

terça-feira, 27 de março de 2018

VEM AÍ...


CONCURSO CULINÁRIO COMIDA DI BUTECO CHEGA À SUA 19ª EDIÇÃO

De 13 de abril a 06 de maio, 21 botecos do Distrito Federal participarão da 19ª edição do Comida di Buteco – tradicional festival gastronômico que reunirá em todo o Brasil 600 botecos em 21 cidades do País. Como de costume, os clientes serão os jurados. A votação funciona da seguinte forma: o público visita os bares participantes, avalia e vota em quatro categorias (petisco, atendimento, higiene e temperatura da bebida). No somatório, o petisco leva 70% do peso da nota e as demais categorias 10% cada. O festival tem apoio do Senac-DF.


Como nos anos anteriores, o vencedor de cada estado participará da etapa nacional e disputará o prêmio de Melhor Boteco do País. O preço do petisco participante do concurso será mantido em R$ 25,90 e unificado para todo território nacional. O tema do prato deste ano será livre. O vencedor local será conhecido no dia 4 de junho.

O concurso Comida di Buteco foi criado em 2000, com a finalidade de resgatar e valorizar a cozinha de raiz por meio da visibilidade aos botecos espontâneos e tradicionais. Em 2017, o concurso engajou mais de cinco milhões de pessoas visitando os bares participantes, provocando um forte impacto em toda a cadeia produtiva do setor. Os estabelecimentos selecionados para participar são classificados pela organização do concurso. Como regra, o proprietário deve estar sempre à frente do negócio, não pertencendo a redes ou a franquias.

Por Daniel Alcântara Publicado/Fecomércio -  26 de Março de 2018

TRABALHO


Alunos da Fábrica Social praticam conhecimento em construção civil
No Hospital Regional de Sobradinho, estudantes de curso técnico começaram a construir e a revitalizar rampas de acessibilidade e calçadas
(*) Samira Pádua
Como atividade do curso técnico em construção civil da Fábrica Social, parte de um grupo de 50 alunos começou a construir e a revitalizar rampas de acessibilidade e calçadas no Hospital Regional de Sobradinho.
Alunos da Fábrica Social constroem e revitalizam rampas e calçadas no Hospital Regional de Sobradinho. 
 Os trabalhos, iniciados nesta segunda-feira (26), são supervisionados pelos professores. Depois, os demais estudantes farão o mesmo no Hospital Regional da Asa Norte (Hran).
Entre eles está Erica Cecília Vieira, de 40 anos. Desempregada, ela disse que soube do curso de seis meses de duração pela TV.
“Escolhi construção civil porque gosto. Havia outros, mas preferi esse”, destacou. Depois de concluí-lo, contou Erica, a ideia é ingressar no mercado e erguer a casa própria.
Antes de sair a campo, o grupo passou por treinamento prático no laboratório da Fábrica, segundo informou Virgílio Monteiro Neto, subsecretário de Integração de Ações Sociais, da Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos.
Em Sobradinho, as primeiras áreas a receberem as benfeitorias serão as que ficam perto do ambulatório, da sala de diabéticos e da ortopedia.
“Começamos por aqui porque é onde há o maior fluxo de pacientes com mobilidade reduzida”, justificou a gerente de apoio operacional do Hospital Regional de Sobradinho, Gabriela Vilarins.
Essa não é a primeira vez que o Hospital Regional de Sobradinho recebe ações da Fábrica Social. Em janeiro, foram doados à unidade 350 lençóis feitos por aprendizes de confecção.
O que é a Fábrica Social
Coordenada pela Secretaria do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, a Fábrica Social tem como objetivo promover a inclusão socioprodutiva e difundir a economia solidária por meio da educação profissional de pessoas em situação de vulnerabilidade.
A sede fica na Cidade do Automóvel, no Setor Complementar de Indústria e Abastecimento (SCIA), Quadra 14, Conjunto 2, Lote 16.
(*) Fonte: Samira Pádua, Edição: Raquel Flores ,  Fotos: Dênio Simões/Agência Brasília

CANDANGÃO 2018



Candangão define finalistas com Sobradinho e Luziânia em vantagem

Ceilândia e Brasiliense precisam vencer para avançar à final, pois perderam os jogos de ida para o Leão da Serra e para o time goiano, respectivamente

Danilo Queiroz*



Sobradinho e Luziânia estão mais perto da final: reverteram vantagens conquistadas na primeira fase por Ceilândia e Brasiliense

A busca por uma vaga nas finais do Campeonato Candango de 2018 teve início para Brasiliense, Ceilândia, Luziânia e Sobradinho no último domingo (25/03). Mesmo tendo realizado campanhas melhores na fase classificatória, Ceilândia e Brasiliense perderam nos jogos de ida. Na quarta-feira (28/03), terão de correr atrás do prejuízo nos jogos da volta em seus domínios. Qualquer empate no placar agregado serve para que o alvinegro e o time amarelo avancem para a final do Candangão.


No Augustinho Lima, o Leão da Serra venceu o Gato Preto por 3 x 1 e, agora, poderá perder por até um gol de diferença para avançar à decisão. Já o Alviazulino e o Jacaré jogaram no estádio Serra do Lago e o time goiano levou a melhor, ao vencer por 1 x 0, garantindo o direito de jogar pelo empate para chegar à final. Os jogos decisivos estão marcados para 31 de março e 7 de abril.
  

Mais do que uma vaga na final do Candangão, um triunfo nas semifinais renderá um calendário mais completo na próxima temporada para os times. De acordo com o regulamento do torneio, além da possibilidade de disputar o título local, os dois finalistas garantem classificação para dois torneios nacionais: Copa do Brasil e Série D do Campeonato Brasileiro de 2019. As equipes que forem eliminadas confirmam participação na Copa Verde — campeonato regional que reúne times dos estados do Centro-Oeste, além de Espírito Santo e Pará.

Duelo de alvinegros no Abadião


No encontro de alvinegros no estádio Abadião, Ceilândia e Sobradinho definirão quem terá a oportunidade de buscar o tricampeonato local às 15h30 — o Gato Preto conseguiu o caneco em 2010 e 2012, enquanto o Leão da Serra teve a hegemonia do DF ao alcançar o bicampeonato em 1985 e 1986. No último domingo (25/03), o time do artilheiro Michel Platini jogou por terra a vantagem que o rival contava, por ter conquistado o título simbólico da fase classificatória do Candangão.


Com a vitória por 3 x 1, o Sobradinho poderá perder por até um gol de diferença para ficar com a vaga na decisão local, algo que o clube não alcança há 24 anos — na última, em 1994, perdeu a taça para o Gama. Para o Ceilândia, resta apenas buscar uma vitória por dois ou mais gols de diferença para chegar à terceira final consecutiva do time no Candangão — ficou com o vice-campeonato em 2016 e 2017, ao perder as decisões para Luziânia e Brasiliense, que por sinal, disputam a outra semifinal neste ano.
  

Sabendo da necessidade de vitória no jogo desta quarta-feira (28/03), o clube convocou a torcida e decidiu distribuir ingressos gratuitos: os interessados devem comparecer à bilheteria do estádio Abadião nesta terça-feira (27/03), entre 16h e 17h, para obter o benefício. Cada torcedor que for ao local no horário estabelecido terá direito de retirar um ingresso.

Papões do DF na década lutam por mais uma decisão


Presenças frequentes nas finais do Campeonato Candango nos últimos anos, Brasiliense e Luziânia também voltam a campo nesta quarta-feira (25/03) para definir qual dos dois irá para mais uma decisão. Desde 2010, os dois times se revezaram como um dos finalistas, com excessão de 2015, em que nenhum dos dois chegou à decisão. O time amarelo disputou a taça em quatro oportunidades, ficando com ela em 2011, 2013 e 2017. Já os goianos chegaram aos jogos decisivos três vezes no período, levando o caneco para o Entorno do DF em 2014 e 2016.


No último domingo, o Luziânia reduziu a vantagem que o Brasiliense trazia da primeira fase ao vencer o jogo de ida por 1 x 0 no estádio Serra do Lago. Com o triunfo pelo placar mínimo, o time goiano jogará pelo empate para avançar a quarta final de Candangão de sua história. Já o Jacaré precisa de uma vitória por qualquer placar para conseguir a classificação e lutar pelo bicampeonato local.
  

O jogo ainda não tem local definido para acontecer. Casa principal do Brasiliense neste ano, o Estádio Mané Garrincha está indisponível devido à realização do Fórum Mundial da Água. O Abadião seria a segunda opção de palco do time amarelo, mas receberá o outro jogo das semifinais do Candangão. Com isso, o Jacaré optou por mandar sua partida decisiva no estádio Bezerrão, no Gama, às 20h.
  
*Estagiário sob supervisão de Maíra Nunes – Fotos: Divulgação/Ceilândia E.C. / Divulgação/Brasiliense e Site oficial Brasiliense F.C

AÇÃO SOCIAL


GALINHADA BENEFICENTE DA GUARDA MIRIM SOCIAL DE BRASÍLIA

*Lucas Marques

A Guarda Mirim Social de Brasília, convida toda a comunidade para participar de uma GALINHADA BENEFICENTE, a ser realizada no dia 08 de abril, na Sede do Projeto, localizado no Coer Parque - Sobradinho II.

O evento visa arrecadar recursos para ajudar a manter as atividades socioeducacionais, esportivas, artísticas, culturais e oficinas preparatórias para o mundo do trabalho, desenvolvidas junto às crianças e adolescentes.



Contamos com o seu coração aberto e sua mão valorosa para fazermos o bem juntos!

segunda-feira, 26 de março de 2018

EDUCAÇÃO


Faculdade FAEL Sobradinho em parceria com a Administração de Sobradinho II, disponibiliza internet gratuita na Biblioteca Pública da cidade


Hoje (26.03) a Faculdade Fael esteve em Sobradinho II para presentear os usuários da Biblioteca Pública da cidade com a instalação de uma antena Wi-Fi, possibilitando aos estudantes e usuários internet à vontade, bastando apenas realizar o “Check-in” na página do Facebook da Faculdade FAEL
.
“Somos uma Faculdade que busca proporcionar mais comodidade para os cidadãos que queiram usar a internet de boa qualidade, gratuitamente, agora na biblioteca pública de Sobradinho II.
Já disponibilizamos esse benefício em outras localidades, e após testes na biblioteca pública de Sobradinho II, vimos que em parceria com a Administração, era possível ampliar ainda mais este serviço. ”, destacou o Professor Márcio Portilho, Coordenador dos Cursos de Graduação e Pós-Graduação da Faculdade FAEL.

VELOCIDADE

Com a instalação de equipamentos profissionais de última geração os internautas podem navegar à vontade, bastando apenas fazer o “Check-in” na página do facebook da própria Faculdade.

O WI FI pode ser acessado por qualquer cidadão e a velocidade está satisfatória. São 10 megas reais disponíveis 24 horas por dia. Somente hoje (26/03), por volta das 16 horas, nossos sistemas já registravam mais de 26 pessoas conectadas na biblioteca, com uma velocidade média de 660 kbps por internauta.

Aproveitamos essa fase de testes e conferimos que os futuros usuários também podem acessar na área externa da biblioteca com a mesma qualidade do sinal e velocidade, democratizando ainda mais o acesso à internet.

Na ocasião, entrevistamos o morador da cidade e estudante Marcelo Aguiar, segundo ele, “o sinal é excelente, a velocidade de conexão é mais rápida que a internet do meu próprio celular”. O estudante aproveitou para agradecer a iniciativa da Faculdade FAEL e a Administração de Sobradinho II parceiros do projeto.
  
A Faculdade FAEL entende que levar internet gratuita “é uma forma de colocar em prática um de seus pilares institucionais que é oferecer a sociedade serviços de qualidade e acessíveis a população. Além disso, a parceria junto a Administração de Sobradinho II foi fundamental para a viabilidade do projeto”
  
Serviços:
Wi-Fi aberta Faculdade FAEL
Local: Biblioteca Pública de Sobradinho II


Sede:
Faculdade Fael - Polo Sobradinho
Quadra 08 área especial 02 - Sobradinho
Central de matrículas: 61 30510101